É possível converter Mini num elétrico por 10 mil euros

Swindon Powertrain Mini elétrico View Gallery 9 photos

Ingleses fornecem “kit” “faça você mesmo” para Mini clássicos, que inclui um motor de 107 cv.

Os britânicos da Swindon Powertrain apresentaram um “kit” que permite converter um Mini clássico (produzido entre 1959 e 2000) de forma simples. Disponível a partir de dezembro em troca de 9.800 euros (antes de impostos) no Reino Unido, este “kit” “faça você mesmo” de 70 kg consiste num motor elétrico de íman permanente de 107 cv e 160 Nm – mais potência do que qualquer quatro cilindros utilizado num Mini de fábrica -, a encaixar no subchassis dianteiro, e uma junta interna homocinética preparada para funcionar com eixos de Cardan e um diferencial aberto. O motor transmite potência às rodas da frente através de uma caixa de uma única velocidade, igualmente incluída no conjunto, juntamente com os cabos necessários.

A Swindon diz que a instalação requer apenas a remoção do subchassis frontal para remover o motor e caixa originais e aparafusar o “kit” que converte o Mini tradicional num carro elétrico. O passo seguinte é ligar o pack da bateria de 12 kWh de capacidade (para instalar debaixo do capot), a unidade de controlo do motor, o carregador interno e o conversor DC-DC – que não fazem parte do pacote. Estes componentes podem ser comprados à Swindon ou a um fornecedor “aftermarket”.

No final de contas, a transformação do Mini antigo num elétrico ficará seguramente mais dispendiosa do que reconstruir o “velhinho” motor de quatro cilindros original. Contudo, este Mini clássico “zero emissões” fica a meio caminho para o Cooper SE lançado no início deste ano.

Deixe uma resposta

*