BMW vai abandonar Fórmula E

BMW Fórmula E View Gallery 2 photos

Alegando razões estratégicas, os bávaros vão deixar de participar na competição de carros elétricos em 2022.

A BMW anunciou que vai deixar a Fórmula E no final da próxima temporada. A marca alemã alega razões estratégicas para abandonar a competição de carros elétricos: “Quando se trata do desenvolvimento de motores elétricos, o BMW Group basicamente esgotou as oportunidades desta forma de transferência de tecnologia no ambiente competitivo da Fórmula E”, refere em comunicado. O construtor diz que utilizou a Fórmula E como laboratório tecnológico para modelos de produção, até porque os engenheiros que desenvolveram motores para os carros de estrada são os responsáveis pelos motores dos carros de corrida.

A BMW segue assim a mesma estratégia da Audi, que comunicou a poucos dias também o fim do programa da Fórmula E para se poder concentrar no Dakar e num eventual regresso a Le Mans.

Desde que entrou na Fórmula E, pela mão da equipa norte-americana BMW i Andretti Motorsport, os bávaros alcançaram quatro vitórias, quatro pole positions, nove presenças no pódio em 24 corridas.

A sétima temporada da Fórmula E arrancará no Chile já a 16 e 17 de janeiro. Mercedes-Benz, Porsche, Nissan, Jaguar e a DS continuam envolvidos na competição. A partir de 2022, a Fórmula E terá estatuto de competição oficial da FIA e estreará uma terceira geração de carros. Para já, a indiana Mahindra Racing é a única que já se comprometeu para a próxima etapa.

Deixe uma resposta

*