G.P. de Portugal deve voltar ao calendário da F1 em 2021

G.P. de Portugal 2020

A Covid-19 está a obrigar a reformular a alterações no figurino do campeonato ainda antes do seu arranque.

O ano começou com a notícia que devido às restrições impostas pelo governo australiano, a prova de abertura do mundial de Fórmula 1 de 2021 (inicialmente prevista para 21 de março) teria de ser adiada – confirma-se agora para 21 de novembro (passando a ser a antepenúltima jornada da época). Contudo, a crise sanitária provocada pela pandemia da Covid-19 obrigará a uma reformulação mais profunda do calendário da competição ainda antes do seu arranque. Uma das principais novidades é a forte possibilidade de Portimão poder vir a voltar ao mapa de provas.

A FIA revelou um novo calendário provisório para o novo campeonato, com um arranque apontado para 28 de março para o Bahrain. A segunda jornada inicialmente estava apontada para Xangai, na China – com a possibilidade de poder vir a ser reagendada para mais tarde. É por isso, que a competição prosseguirá na Europa, para já, com o regresso confirmado a Ímola (Itália) a 18 de abril. A melhor notícia é que a terceira prova, ainda em branco no calendário da organização, poderá mesmo ser disputada no AIA no Algarve, a 2 de maio, em substituição do G.P. do Vietname (devido a razões políticas). A prova em solo encaixará que nem uma luva no calendário, uma vez que no fim de semana seguinte a caravana prevê seguir para Barcelona (Espanha).

A mudança do G.P. da Austrália para 21 de novembro, obrigou a mais reajustamentos no calendário: o G.P. do Brasil passará a ser uma semana depois do previsto, a 7 de novembro. A penúltima prova do campeonato, na Arábia Saudita, a 5 de dezembro, ainda está sujeita à homologação do circuito. O término do mundial está previsto para 12 de dezembro, no Abu Dhabi. Isto significa que a FIA está confiante que será possível manter as 23 provas inicialmente previstas no calendário.

Calendário:

28 de março – Bahrein (Sakhir)

18 de abril – Itália (Imola)

2 de maio – A ser anunciado

9 de maio – Espanha (Barcelona)

23 de maio – Mónaco (Mónaco)

6 de junho – Azerbaijão (Baku)

13 de junho – Canadá (Montreal)

27 de junho – França (Le Castellet)

4 de julho – Áustria (Spielberg)

18 de julho – Reino Unido (Silverstone)

1 de agosto – Hungria (Budapeste)

29 de agosto – Bélgica (Spa)

5 de setembro – Países Baixos (Zandvoort)

12 de setembro – Itália (Monza)

26 de setembro – Rússia (Sochi)

3 de outubro – Singapura (Singapura)

10 de outubro – Japão (Suzuka)

24 de outubro – EUA (Austin)

31 de outubro – México (Cidade do México)

7 de novembro – Brasil (São Paulo)

21 de novembro – Austrália (Melbourne)

5 de dezembro – Arábia Saudita (Jeddah)

12 de dezembro – Abu Dhabi (Yas Marina)

Deixe uma resposta

*