BMW M440d xDrive Coupé é nova opção Diesel de 340 cv

BMW M440d xDrive View Gallery 11 photos

Gama da marca bávara traz ainda duas novas versões de acesso híbridas plug-in 320e e 520e, entre outras novidades.

Tal como vem sendo habitual, a BMW anunciou um conjunto de novidades na gama para a próxima primavera. A mais relevante é, por ventura, a introdução no próximo mês de março de uma nova versão M440d xDrive no Série 4 Coupé. Esta versão conta com os préstimos do motor 3.0 de seis cilindros em linha turbodiesel associado a um sistema “mild hybrid” de 48V que debita 340 cv e 800 Nm (capaz de oferecer 11 cv em “overboost”), surgindo acoplado a uma caixa automática desportiva Steptronic de oito velocidades da ZF, diferencial desportivo e um pack M. Esta versão com carimbo M Performance anuncia 0-100 km/h em 4,6 segundos. A média de consumos anunciada oscila entre 5,7 e 6,3 (WLTP) e emissões de CO2 de 150-164 g/km, dependendo da versão. A acompanhar esta versão, o Série 4 Coupé inclui também uma opção menos potente desse motor, a 430d xDrive Coupé, com 286 cv e 650 Nm, que ainda assim anuncia 0-100 km/h em 5,1 segundos e que promete 5,2-5,9 l/100 km e 137 g/km de CO2 de média (WLTP). O Série 4 Coupé beneficia ainda de novas cores exteriores mate Portimao Blue e Deep Grey, além do Brilliant White metalizado, a que se juntam novos revestimentos coloridos em couro Merino. O M440d xDrive pode, em opção, incluir o tejadilho em fibra de carbono do M440i e o mesmo se aplica às versões com o mesmo nome do Série 3. Passa também a ser possível incluir novas decorações em carbono no interior no Série 3 e 4.

Outra novidade revelante é a introdução de duas novas versões híbridas plug-in de acesso 320e e 520e. Ambas estarão disponíveis a partir de março no formato berlina e carrinha Touring. Com um total de 204 cv e 350 Nm, as novas opções PHEV conjugam um motor 2.0 de quatro cilindros turbo a gasolina com 163 cv e um motor elétrico. A potência é distribuída através de uma caixa automática de oito velocidades, havendo à disposição versões de tração traseira e integral xDrive. Com uma bateria de 12 kWh de capacidade, anuncia uma autonomia elétrica entre 46 e 57 km no Série 3 e entre 41 e 55 km no Série 5, dependendo da versão. Em modo elétrico consegue atingir um máximo de 140 km/h. Carrega até 3,7 kW de 0 a 80% em 2,6 horas e 100% em 3,6 horas. As versões 320e variam entre 7,6 e 8,2 segundos nos 0-100 km/h e a velocidade máxima entre 220 e 225 km/h. No 520e, entre 7,9 e 8,2 segundos e o pico máximo entre 218 e 225 km/h. No 320e o depósito de combustível é de 40 litros e a capacidade da mala de 375 litros no sedan e 410 litros na Touring. No 520e o depósito é de 46 litros e a bagageira permite um máximo de 410 na berlina e 430 litros da Touring.

A atualização da gama da BMW prossegue com a inclusão de uma nova variante de tração integral no Série 2 Gran Coupé, o 220i xDrive Gran Coupé com 178 cv. Associado a uma caixa automática de oito velocidades Steptronic, anuncia 0-100 km/h em 7,1 segundos. Este modelo beneficia ainda de novas jantes de 18 polegadas em dois tons e com desenho em Y. No topo da gama, o Série 7 é enriquecido de fábrica com o sistema de quatro rodas direcionais. Além disso, integra um filtro de nanopartículas no ar condicionado de quatro zonas (opcional) – que também passa a constar no Série 8 (incluindo o M8), X5 e X6. Apenas no X7 é que este sistema passa a ser de série. Já os SUV X5 e X6 (incluindo as versões desportivas M Competition) ganham um novo conjunto de faróis Shadow Line laser a partir de abril. Por sua vez, o M8 fica disponível com bacquets em fibra de carbono de ajuste eletrónico, tal como o Coupé, Cabrio e Gran Coupé. Por fim, o M3 Sedan e M4 Coupé, recebem a cor Skyscraper Gray e novos revestimentos em couro. A BMW aproveitou ainda esta ocasião para alargar os serviços digitais, sendo que quem possuir o sistema operativo OS7 passará a contar no futuro com o serviço BMW News.

Deixe uma resposta

*