Toyota confirma sucessor do Aygo

Sucessor do Toyota Aygo em testes View Gallery 3 photos

Novo modelo partilhará a plataforma com o Yaris, mas não contará com nenhuma opção “eletrificada”.

Após a dissolução da parceria entre a Toyota e PSA para a produção em conjunto de modelos do segmento A, especulou-se que todas as partes envolvidas não estariam a pensar em sucessores diretos. Se isso é verdade no caso do Citroën C1 e do Peugeot 108, o mesmo não acontecerá com o Toyota Aygo – cuja próxima geração já está a ser testada. O novo citadino, que poderá não manter a designação Aygo, será feito a partir de uma variante da plataforma GA-B utilizada no Yaris. E, ao contrário do que sucede com o utilitário, que possui uma conhecida versão híbrida, o novo “Aygo” contará apenas com motores a gasolina, nomeadamente o 1.0 de três cilindros (com versões de caixa manual de cinco velocidades e CVT). O objetivo é manter o preço o baixo possível.

Este modelo exclusivo para o mercado europeu será desenvolvido no centro de design da Toyota em Bruxelas (na Bélgica) e continuará a ser produzido em Kolin (na República Checa). Espera-se que, apesar de manter os seus traços gerais, o novo citadino também adote alguns elementos estéticos do Yaris, sobretudo o formato da grelha e os arcos das rodas traseiras mais salientes. O modelo do segmento A continuará a contar com uma opção com tejadilho retrátil em tecido, luzes de travão na vertical e rodas encostas ao máximo aos cantos da carroçaria.

O protótipo agora “apanhado” em testes ainda camuflado aparenta ser maior face ao Aygo, além de ter maior altura ao solo e proteções adicionais da carroçaria – dando a entender que fará a ponte com o mundo dos SUV pelo menos a nível estilístico. O sucessor do Aygo deverá ser revelado entre o final deste ano e o início de 2022.

Deixe uma resposta

*