Elétrico LF-Z antecipa os Lexus do futuro

Lexus LF-Z Electrified Concept View Gallery 18 photos

Protótipo projeta a estética e a tecnologia de um futuro modelo de tração integral com 600 km de autonomia.

A Lexus possui atualmente uma gama fortemente apoiada em híbridos, tendo apenas no seu portefólio um modelo elétrico, o UX 300e. O objetivo da marca japonesa é acelerar o reforço da “eletrificação” da sua gama, que vai contemplar 10 modelos completamente novos ou renovados com tecnologia híbrida, plug-in e 100% elétrica a lançar até 2025. O protótipo LF-Z Electrified agora apresentado é um ensaio estético e tecnológico destas propostas futuras.

O novo “show car” de visual futurista apresenta-se sob a forma de um SUV de formato coupé com 4880 mm de comprimento, 1960 mm de largura, 1600 mm de altura e 2950 mm de distância entre eixos. Trata-se na realidade de uma evolução conceito já explorado no LF-30 de 2019, com uma barbatana a dividir o vidro traseiro, além de incorporar uma grelha que promete vir a ser a nova frente de família complementada por conjuntos óticos esguios com tecnologia LED e pelo novo logótipo da marca. Tal como é habitual em muitos protótipos, o LF-Z encaixa câmaras em vez dos tradicionais espelhos retrovisores, assim como jantes de 22 polegadas (com arcos das rodas em preto) e puxadores das portas escamoteáveis (com um sensor que impede que a porta abra caso detete a aproximação de outros carros). Nota também para o tejadilho electrocromático em vidro de grandes dimensões, que varia a sua opacidade de acordo com a incidência de luz, e para as portas sem moldura. O interior, com quatro bancos e muito poucos comandos, é igualmente vanguardista, tem um aspeto minimalista e pretende dar uma sensação de espaço. Realce para o novo head-up display de realidade aumentada e volante ao estilo dos modelos de competição. A maioria das funções concentram-se num sistema de inteligência artificial que ao estilo mordomo assiste a operar a navegação e na integração com as aplicações do smartphone. Aliás, o acesso ao interior é feito através de uma chave digital que pode ser partilhada com um smartphone.

Este concept é feito com base numa plataforma específica para modelos elétricos e vem munido de um motor elétrico de 544 cv e 700 Nm posicionado no eixo posterior. A Lexus recorreu também um novo sistema de tração integral Direct4, que possibilita distribuir o binário por cada roda. O LF-Z incorpora também a tecnologia “steer-by-wire”, o que quer dizer que não existe uma ligação mecânica – o que em teoria melhora a resposta da direção comparativamente com um sistema convencional. O pack de baterias de iões de lítio com 90 kWh de capacidade, arrefecido a líquido e que está apto a carregar até 150 kW vem montado longitudinalmente no piso do carro permitindo até 600 km de autonomia (WLTP). Este modelo de 2,1 toneladas anuncia 0-100 km/h em três segundos e uma velocidade máxima de 200 km/h.

Deixe uma resposta

*