Mercedes-Benz EQG chega em 2023

Render do Mercedes-Benz EQG View Gallery 6 photos

Registo de patente confirma a nova variante elétrica do Classe G.

No final de 2019, a Daimler tinha confirmado que estava a ser preparada uma variante elétrica do Classe G. Agora, o registo de patentes na Europa confirma o novo EQG, que só deverá ser apresentado em 2023. O documento mostra que existirão duas versões, com níveis de potência e tamanhos de bateria distintos: o EQG 560 e o EQG 580. É possível que a versão mais potente seja digna de um AMG, adotando o mesmo conjunto de dois motores (um por eixo) com 385 kW/523 cv e 828 Nm que estarão na berlina EQS 580. A juntar a isso, o novo EQG deverá adotar três diferenciais.

A história do EQG nasce em 2012 quando a Mercedes-Benz revelou no Salão de Los Angeles (nos EUA) o Ener-G-Force, um protótipo a hidrogénio do Classe G. De forma mais séria, a especulação acerca deste derivativo “zero emissões” do mítico Classe G ganhou um novo impulso quando em 2016 foi registada a primeira patente. Em 2018, o ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger conseguiu que Dieter Zetsche (então CEO da Daimler) se comprometesse com um possível EQG. Na altura, o responsável pelo desenvolvimento de SUV da marca de Estugarda, Gunnar Güthenke, confirmou à Auto Motor und Sport a existência de um projeto desenvolvimento e que estrutura de travessas e longarinas seria adequada para acomodar as baterias. Os austríacos da Kreisel, inclusivamente, mostraram no final de 2017 um projeto (ver última foto) que comprovava a possibilidade de criar um G elétrico com dois motores debitando um total de 490 cv. Contudo, aparentemente, o fabricante demorou algum tempo está a ter dificuldades em criar um sistema propulsor e de carregamento adequado para esta “nova vida” do G. No ano passado, Ola Källenius, o CEO da Daimler, confirmou que o EQG é para avançar nos “próximos anos”, mas pouco ou nada tem transpirado para o exterior acerca do novo modelo desde essa altura – mesmo tendo em conta a ofensiva da família EQ. À luz disso, é possível que o EQG só deva chegar ao mercado em 2024.

Visualmente, a EQG deverá diferenciar-se do Classe G em especial pelos detalhes em azul na carroçaria.

Deixe uma resposta

*