Americanos obrigam McLaren Elva a ter para-brisas

McLaren Elva

Além o speedster britânico viu a sua produção ser limitada a 149 unidades.

O McLaren Elva começou por apresentar o Elva em 2019 com uma produção prevista de 399 unidades. No ano seguinte, a marca britânica comunicou que o limite seriam 249 unidades. Agora, a confirmação é que só serão feitas 149 cópias do speedster. Outra novidade é que o Elva passará a contar com uma versão com para-brisas de modo a conseguir homologação nalguns estados norte-americanos.

Esta solução técnica possibilita ter um para-brisas aquecido com moldura em fibra de carbono, limpa para-brisas sincronizados eletronicamente e viseiras, que acrescenta apenas 20 kg ao peso total. Nesta configuração foi posto de parte o sistema Active Air Management que redireciona o vento para as entradas de ar à frente dos passageiros, permitindo a formação de uma “bolha aerodinâmica” na zona dos ocupantes. Apesar de contar com um novo para-brisas, este Elva continua a não ter tejadilho.

O Elva é um modelo bilugar de tração traseira pertencente à Ultimate Series. Aquele que é o carro de estrada mais leve de sempre da marca britânica com 1200 kg, vem munido de um motor 4.0 de oito cilindros turbo a gasolina (herdado do Senna) com 815 cv e 800 Nm, acoplado a uma caixa de dupla embraiagem de sete velocidades, que lhe permite anunciar 0-100 km/h em 2,8 segundos. As primeiras entregas do roadster acontecerão no final deste ano.

Deixe uma resposta

*