Boldmen CR4 é um novo roadster de base BMW

Boldmen CR4

Com estrutura em fibra de carbono, este modelo de inspiração retro procura dar continuidade à extinta Wiesmann.

A Wiesmann faliu em 2014 e o seu regresso vem sendo anunciado há já algum tempo. Contudo, um dos herdeiros da Wiesmann julgou por bem aplicar o seu “know-how” numa nova marca, mantendo o foco na produção de desportivos de inspiração retro feitos com base num processo artesanal. E assim nasceu em 2020 em Welden, na Baviera (Alemanha), a Boldmen (“homens corajosos”) pela mão de Harald Käs, Michael Käs (que trabalhou na Ruf e na Alpina) e Friedhelm Wiesmann. A sua primeira criação é o CR4, um roadster de tração traseira de inspiração retro. Este modelo tem 4420 mm de comprimento, 1930 mm de largura (sem espelhos), 1280 mm de altura e 2470 mm de distância entre eixos e 281 litros de capacidade na bagageira. É feito com base num BMW Z4 – aliás, ambos partilham a mesma distância entre eixos.

Visualmente, destaque para grelha dianteira sobredimensionada com barras verticais pretas e para os faróis que se prolongam até aos para-choques. A acompanhá-los estão entradas de ar de grandes dimensões ao estilo dos BMW M, com filamentos verticais nas extremidades. A traseira inclinada remete para o Wiesmann MF5. Este modelo com capota em lona de acionamento elétrico possui quatro ponteiras de escape (agrupadas em dois pares). O interior não foi mostrado, mas esperam-se bancos desportivos revestidos em couro e Alcantara, head-up display e ecrã central tátil de 10,25 polegadas. Debaixo do capot deste CR4 (Carbon Roadster – roadster com estrutura em fibra de carbono – e 4 dos 400 hp de potência) estará um bloco 3.0 de seis cilindros TwinPower Turbo com 408 cv e 610 Nm associado a uma caixa automática de oito velocidades – configuração já utilizada pela Wiesmann. Anuncia 0-100 km/h em 3,9 segundos (0,2 seg. mais rápido que o Z4 M40i que lhe serve de base) e uma velocidade máxima de 250 km/h.

Segundo a Boldmen, este modelo de produção artesanal terá uma série especial de lançamento CR4 First Thirty limitada a 30 cópias (das quais já existem 11 encomendas mesmo ainda antes do arranque da produção). Esta edição de lançamento possui detalhes adicionais em fibra de carbono. A marca promete construir 20 carros este ano e 80 em 2022, mas quer aumentar o ritmo da produção para 120 unidades/ano em 2023, caso a procura o justifique. O preço começa nos 185 mil euros.

Deixe uma resposta

*