Alpine A110 sobe para 300 cv

Alpine A110

Renovada gama traz mais potência, mais equipamento e uma nova versão.

A Alpine anunciou a renovação da gama A110, que estará disponível a partir de dezembro. A reorganizada gama será composta pelas versões A110, GT e S. A base continua a ser o motor 1.8 de quatro cilindros turbo de colocação central traseira, agora numa versão atualizada, surgindo acoplado a uma caixa de dupla embraiagem da Getrag de sete velocidades e tração traseira. O motor dispõe de três modos de condução Normal, Sport e Track, que permitem regular o funcionamento do motor e a lógica das passagens de caixa, além de modificar a sensibilidade do acelerador, a calibração da direção e a sonoridade do escape. Os engenheiros da marca de Dieppe concentraram-se precisamente no som do desportivo, de modo a torna-lo mais envolvente. Com o “launch control” ativado, o motor corta temporariamente o funcionamento de um dos cilindros, criando um som inspirado no mundo da competição.

A versão base mantem os 252 cv às 6000 rpm e 320 Nm entre as 2000 e as 4800 rpm, anunciando 0-100 km/h em 4,5 segundos. Possui de fábrica jantes de 17 polegadas, pneus Michelin Pilot Sport 4, travões da Brembo com discos de 296 mm e bancos Sabelt com dois níveis de ajuste revestidos em couro e microfibra com pespontos contrastantes. A versão GT combina o conforto do A110 normal com a performance do A110 S. Neste caso, o motor sobe para 300 cv às 6300 rpm e 340 Nm entre as 2400 e as 6000 rpm. Anuncia 0-100 km/h em 4,2 segundos (menos 0,2 seg. que o antigo modelo de 292 cv). De série contempla bancos em couro Comfort, jantes de 18 polegadas, escape desportivo e Park Assist. O topo de gama A110S combina o motor 1.8 de 300 cv com um kit aerodinâmico exclusivo e apontamentos estéticos mais agressivos (nomeadamente para-choques específicos, uma nova asa traseira em fibra de carbono que a 275 km/h gera 81 kg de downforce atrás, que junta aos 61 kg à frente graças a um novo lábio. Para os track days há ainda vários apêndices em carbono, pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 Connect “semi slick” e cintos de segurança com seis apoios. Nesta versão com chassis Sport há barras antiaproximação recalibradas, molas 50% mais rígidas, uma direção recalibrada e menos 4 mm de altura ao solo. De série são também as jantes de 18 polegadas, travões de alta performance da Brembo com discos de 320 mm. Esta versão pesa 1102 kg.

O novo sistema de infotainment inspirado no mundo dos “smartphones”, tem um ecrã de 7 polegadas, é compatível com Android Auto e Apple Carplay, tem navegação integrada e sistema de telemetria (no qual é possível consultar informação como a pressão do turbo, temperatura do óleo da caixa e um crónometro). Dependendo da versão há ainda um sistema de som com dois altifalantes, um sistema Focal com dois altifalantes ou Focal Premium que acrescenta um subwoofer.

Deixe uma resposta

*