Família Fiat “Centoventi” chega em 2023 com novo SUV

Render do Fiat Panda SUV publicado pela Auto Express

Antes de substituir o Panda, a Fiat deverá começar por apostar num B-SUV económico que poderá recuperar a designação Punto.

O Fiat Panda atual foi lançado em 2012 e o seu substituto está a ser preparado. O primeiro sinal disso mesmo foi dado através do protótipo Centoventi, apresentado no Salão de Genebra de 2019. Este estudo apontava para um citadino elétrico económico e dotado de um conceito modular que permite não só substituir alguns painéis da carroçaria mas também packs de baterias. Ao que tudo indica este concept não aponta apenas para um substituto direto do atual Panda mas sim para uma família completa de novos modelos, com um foco mais prático e mais acessível em termos de preço quando comparado com a família 500, mais centrada no design e na tecnologia.

Olivier François, o responsável máximo da Fiat, disse à Auto Express que a nova família de modelos baseados no Centoventi começará com uma proposta do segmento B, provavelmente um SUV. Este poderá ressuscitar a designação Punto. Em causa estará um modelo de base CMP da PSA, a arquitetura utilizada no Peugeot 2008, entre outros. Isto implica que deveremos ter uma gama com opções térmicas mas também com uma opção 100% elétrica. Visualmente, poderemos estar perante um “gémeo falso” da família 500 com um formato de carroçaria coupé. A ideia de François com esta família Centoventi é focar-se em carros entre os 3,70 e os 4,30 metros de comprimento, com propostas do segmento A, B, mas igualmente B-SUV mais pequenos e maiores. Portanto, em causa poderá estar também um possível substituto do Tipo.

Já o próximo Panda será um modelo 100% elétrico que se posicionará em termos de preço abaixo do 500e.

Deixe uma resposta

*