Ford confirma sete novos elétricos na Europa até 2024

Render digital do novo Ford Puma elétrico

Entre as novas propostas estará uma variante “zero emissões” do Puma.

A Ford anunciou que vai lançar sete novos modelos elétricos na Europa até 2024. O modelo de referência desta “ofensiva” de lançamentos de propostas “zero emissões” será um SUV baseado no Volkswagen ID.4 que se posicionará abaixo do Mustang Mach-E. Este novo SUV será construído em Colónia (na Alemanha) e tem lançamento previsto para 2023. O segundo modelo elétrico deste lote, igualmente de base MEB, chegará ao mercado no ano seguinte e descrito como um “crossover desportivo”, podendo ser uma variante de formato coupé (ao estilo do VW ID.5).

Uma das novidades mais esperadas, prevista para 2024, é o Ford Puma elétrico (na imagem um “render” digital publicado pela Autocar). Esta nova derivação deverá evoluir de uma versão adaptada da plataforma do Fiesta. A aposta num Puma elétrico é apenas uma consequência do sucesso do SUV do segmento B, que já vendeu 134 431 unidades na Europa.

Três dessas novidades da Oval Azul serão apostas da recém-criada divisão Model E, que se diferenciará da divisão Ford Blue de modelos a combustão.

Existirão ainda quatro novos comerciais elétricos: a Tranist Custom e a Tourneo Custom em 2023, a que se juntarão a Transit Courier e a Tourneo Courier em 2024.

A Ford espera vender 600 mil elétricos por ano até 2026, com a previsão de produzir 1,2 milhões de carros “zero emissões” em Colónica num período de seis anos. Para o efeito serão investidos 1,8 mil milhões de euros na fábrica alemã. Em complemento, a marca norte-americana investirá numa fábrica de baterias na Turquia, feita em parceria com a SK On e a Koc Holding. A Ford quer atingir a neutralidade carbónica na Europa até 2035.

Deixe uma resposta

*