Audi R8 deverá ter sucessor 100% elétrico

Audi R8 elétrico render

Supercarro topo de gama será feito com base numa plataforma da Porsche.

A Audi vai lançar um sucessor do R8 em 2026. De acordo com o patrão da Audi Sport, citado pela Autocar, o projeto ainda não recebeu “luz verde” oficial, mas já está a ser desenvolvido. O novo modelo não manterá o nome do carro antigo, nem o design – tendo apenas em comum com o atual modelo de motor central o facto de ser o topo de gama. Apesar disso, a marca alemã quer continuar com o conceito de ter um desportivo puro, de duas portas e com mais potência do que qualquer outro no seu catálogo, embora recorrendo a um sistema 100% elétrico.

Recorde-se que o R8 atual continua em produção e que em jeito de despedida contará com uma versão RWD GT – a revelar ainda este ano. O carro deverá ser descontinuado no final de 2023. A esse propósito, Grams diz que esse modelo contará com 60% dos seus componentes oriundos do carro de GT3.

Este modelo (na imagem um render digital) deverá recorrer a uma plataforma de origem Porsche. Em cima da mesa estão duas hipóteses: a SSP Sport – que será utilizada em SUV e berlinas -, a substituta da J1 (atualmente utilizada no Porsche Taycan e no Audi e-tron GT); mas também (e mais provavelmente) a futura base a utilizar no 718 Boxster/Cayman elétrico, que pretende replicar as caraterísticas de um modelo de motor central, mantendo as baterias colocadas na vertical atrás dos bancos para manter um centro de gravidade baixo e a uma distribuição de pesos ideal.

Seja como for, o sucessor do R8 contará com números acima do RS e-tron GT, quer em termos de potência quer de autonomia (o que deverá implicar a inclusão de baterias com maior densidade energética).

Além do sucessor do R8 está a ser equacionado um novo TT, embora este projeto esteja mais atrasado.

Deixe uma resposta

*