Radical SR3 XXR traz novo motor 1.5 de 232 cv

Radical SR3 XXR

Modelo de competição está apto a operar com biocombustível.

Com mais de 1500 unidades vendidas até agora, o SR3 é um dos modelos mais bem-sucedidos da história da Radical Motorsport. Atualmente, o carro de corridas faz parte de 12 diferentes Radical Cup que se disputam um pouco por todo o mundo. Para o próximo ano a marca britânica propõe um modelo mais refinado e mais extremo.

A principal novidade é a inclusão de um novo motor 1.5 desenvolvido internamente. Este motor debita 232 cv e está preparado para funcionar com biocombustível E85 (composto por 85% de etanol). Este modelo de corridas pesa 662 kg, menos 32 kg face ao anterior. Isso traduz-se numa relação peso-potência de 350 cv/tonelada. As novidades não se ficam por aqui, uma vez que este modelo traz de série um novo limitador na zona das boxes, uma nova barbatana inspirada nos LPM que possibilita melhorar não só a estabilidade em curva, com capacidade para atingir 2,3 g de forças laterais, bem como o comportamento aerodinâmico. A lista de opcionais passa a incluir um lábio dianteiro e um difusor traseiro, ambos em fibra de carbono. Novidade é também o sistema de travagem desenvolvido em colaboração com a AP Racing, que promete melhorar a performance graças à redução das massas não suspensas e de melhor feeling no pedal de travão. Em jeito de complemento, há ainda um sistema de óleo reconfigurado, nova calibração do motor e da caixa de velocidades e sensores de composição de combustível. O objetivo principal do fabricante é aumentar a durabilidade do carro em situações de carga máxima no acelerador.

O SR3 XXR já está disponível para encomenda nos 21 países onde o carro é distribuído. As primeiras unidades chegam em fevereiro.

Deixe uma resposta

*