Novo RS7 será o Audi mais potente de sempre

Novo RS7 Sportback vai fazer história na Audi

Este será o primeiro Audi Sport a contar com tecnologia híbrida plug-in, herdada do Porsche Panamera.

A Audi está a afinar os últimos detalhes da nova geração do RS7, que será lançado no próximo ano. O novo modelo será o primeiro desenvolvido pela Audi Sport a adotar um sistema híbrido plug-in, de acordo com a Auto Express. Em causa está o mesmo sistema utilizado no Porsche Panamera. Aliás, a nova geração do super-coupé de quatro portas, que tem lançamento previsto para o final do próximo ano, foi vista recentemente em testes no circuito de Nürburgring (na Alemanha) envergado a “pele” do Panamera Turbo. Espera-se que o novo modelo conte com cavas de rodas pronunciadas, a caraterística frente agressiva, dupla ponteira de escape de formato oval, jantes maiores, uma suspensão rebaixada e mais rígida e travões carbocerâmicos.

Aquele que se tornará no Audi mais potente de sempre contará com duas versões: uma base com um motor V8 4.0 (o mesmo do Panamera Turbo, Lamborghini Urus e Bentley Bentayga) a rondar os 600 cv, incluindo de série uma caixa de dupla embraiagem S Tronic e um sistema de tração integral quattro, e uma versão RS7 Performance com um sistema híbrido plug-in que acrescenta ao referido motor um motor elétrico com mais 142 cv – o mesmo sistema que no Panamera Turbo S E-Hybrid conta com 680 cv. Com estas caraterísticas, o desportivo de Ingolstadt será capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em cerca de 3,5 segundos.

Além do RS7, a Audi Sport prevê alargar a sua oferta de 11 para 16 carros até 2020. Em 2020 deverá surgir o RS Q3 (com um sistema PHEV similar ao do RS7) a que se seguirá um SQ5 (que será um “irmão” do Porsche Macan Turbo e que no RS5 Coupé conta com 2.9 V6 biturbo com 450 cv).

Deixe uma resposta

*