Suzuki terá híbridos em todas as gamas em 2020

Novo Suzuki Jimny

Em oposição, o fabricante nipónico abandonará em definitivo os motores Diesel.

A Suzuki pretende ter uma versão híbrida em todas as gamas até 2020. Quem o confirmou foi o presidente da marca nipónica em Itália, Massimo Nalli, durante a apresentação da nova geração do Jimny (na imagem), que também terá um híbrido. Ouvido pela Infomotori, Massimo Nalli acrescentou ainda que, em contraste, os motores Diesel ficarão para trás. Aliás, o fundador da marca, Osamu Suzuki, disse que os motores a gasóleo desparecerão do mercado ou representarão apenas uma franja muito pequena. Os híbridos, pelo contrário, tornar-se-ão significativamente importantes, no entender do homem forte da Suzuki, que prevê que os modelos 100% elétricos só se conseguirão afirmar na década de 2050 ou 2060.

Recorde-se que a Suzuki deverá apostar numa versão híbrida plug-in do novo Vitara e do S-Cross. Atualmente, a marca já comercializa versões híbridas convencionais do Swift, Baleno e Ignis.

 

Deixe uma resposta

*