Mercedes-Benz estreia novo Classe B em Paris

Mercedes-Benz Classe B View Gallery 9 photos

Dotado de tecnologia, ajudas à condução e afinação de chassis do Classe A, o monovolume estará disponível em dezembro.

A Mercedes-Benz apresentou o Classe B no Salão de Paris, em França. A terceira geração do monovolume (W247) será lançada em Portugal a 3 de dezembro, sendo que as primeiras unidades têm chegada prevista para fevereiro de 2019. No lançamento, o novo B conta pode ser encomendado nas versões B180 e B200 a gasolina, com um motor 1.33 (M282) de quatro cilindros turbo com 135 e 160 cv. A estas juntam-se os Diesel 1.5 de 115 cv e o novo 2.0 com versões de 150 e 190 cv (o único que conta com uma caixa automática de oito velocidades em alternativa à caixa de dupla embraiagem de sete relações disponível de série). Em 2019, surgirão outros motores, versões de caixa manual e de tração integral.

O novo B é ligeiramente mais comprido que o antecessor, com 4359 mm no total. Conta com 1786 mm de largura, 1557 mm de altura, 2729 mm de distância entre eixos e um coeficiente aerodinâmico de 0.24. O principal beneficiado foi mesmo o espaço interior, de acordo com a marca de Estugarda. O interior é mais amplo face ao B anterior, possuindo mais 33 mm de largura dos lugares posteriores, face ao antecessor. A mala possui 705 litros de capacidade, 455 com os bancos totalmente arrastados para trás (14 cm) ou 1540 litros com os bancos posteriores rebatidos. Os bancos rebatem na proporção 40:20:40.

Tal como sucede com o novo Classe A, o novo Classe B tem um esquema de suspensão no eixo posterior que varia de acordo com a versão escolhida. As versões menos potentes conta com um eixo de torção e as mais potentes ganham um esquema mais elaborado de quatro braços. As jantes oscilam entre 16 e 19 polegadas. Por dentro, o habitáculo é muito diferente face ao B antigo. A instrumentação e o sistema de infotainment MBUX estão integrados em dois ecrãs flutuantes acoplados. Possuem diferentes tamanhos e três combinações possíveis: dois de 7 polegadas, um de 7 e outro de 10,25” e dois de 10,25”. O sistema multimédia é o mesmo do Classe A, que permite acesso através do ecrã tátil, volante, comando voz e comando na consola central. Entre os sistemas de auxílio à condução destaque para a travagem de emergência com deteção de peões e ciclistas, detetor de viaturas em ângulo morto, alerta de saída involuntária da faixa de rodagem (com correção automática da direção, caso seja necessário) e distância para o carro da frente – que lhe permitem operar de forma semiautónoma em determinadas situações. Entre o equipamento, destaque para o sistema de acesso mãos-livres da bagageira, faróis adaptativos em LED, HUD, iluminação ambiente com 64 cores disponíveis, bancos dianteiros elétricos com memória e massagem, teto panorâmico em vidro e amortecimento pilotado.

Deixe uma resposta

*