Porsche admite erro nos consumos do 911 991

Porsche 911 991

Construtor informou as autoridades de valores errados de consumos e emissões na geração anterior.

A Porsche poderá ser alvo de uma multa avultada por parte do governo alemão após ter admitido que os valores de consumos e emissões de algumas versões (ainda não reveladas, entre 2016 e 2017) do 911 de geração 991 facultados ao ministério dos transportes estão errados. Alegadamente, houve um erro no cálculo no coeficiente de arrasto que terá influenciado os valores finais. De acordo com o Der Spiegel, citando o chairman da Porsche, as autoridades alemãs assim como as norte-americanas já foram informados do sucedido. Entretanto, a Porsche terá disponibilizado os seus engenheiros para colaborar com as autoridades de forma a encontrar a melhor solução para minimizar o sucedido.

Segundo a lei alemã, os construtores estão sujeitos a multas caso os valores de consumos e emissões sejam 10% acima do anunciado. Além disso, os clientes também poderão vir a pedir indemnizações. Para já, ainda não está determinado o desvio entre o que foi anunciado e o valor real, nem o número de viaturas afetadas.

Deixe uma resposta

*