Mercedes revela versões híbridas A250e e B250e

Mercedes-Benz A250e View Gallery 13 photos

Plug-in de 218 cv, anunciam autonomia em modo elétrico até 69 km.

A Mercedes-Benz apresentou as inéditas versões híbridas plug-in do Classe A (no formato hatchback e limousine) e do Classe B. Os modelos que receberam a designação 250e combinam os préstimos de um motor 1.3 de quatro cilindros turbo a gasolina com 160 cv e 250 Nm com um motor elétrico de 102 cv e 300 Nm, para um débito total de 218 cv e 450 Nm, funcionando com conjunto com uma caixa de dupla embraiagem de oito velocidades. O motor elétrico é alimentado por uma bateria de 15.6 kWh de capacidade colocada debaixo dos lugares traseiros. No caso do Classe A anuncia autonomia em modo EV entre 60 e 68 km no hatchback e entre 61 e 69 km na berlina. Já o monovolume Classe B anuncia 56-67 km no ciclo WLTP. Com uma wallbox de 7.4 kWh (AC, de corrente alternada) é possível carregar entre 10 e 100% das baterias (que pesam cerca de 150 kg) em 1h45, sendo possível encher entre 10 e 80% da carga num posto de abastecimento de energia rápido (DC, de carregamento de corrente direta) em 25 minutos. A Mercedes-Benz vai dizendo que estas versões limitam ligeiramente o volume da mala, sem referirem exatamente quanto.

O A250e hatchback precisa de apenas 6,6 segundos para cumprir a aceleração de 0 a 100 km/h. A berlina é 0,1 seg. mais lenta. Em termos de velocidade máxima, o Classe A hatchback anuncia 235 km/h e a berlina 240 km/h. Qualquer um dos três modelos atinge um máximo de 140 km/h em modo elétrico.

Nestas versões com logótipo EQ Power, o sistema de infotainment MBUX possui funções adicionais, apontando nomeadamente os pontos de carga mais próximos e o indicando o nível de carga da bateria. A Mercedes-Benz prevê disponibilizar mais de 20 modelos EQ Power durante 2020.

Deixe uma resposta

*