BMW poderá retirar motor Diesel quad-turbo em 2020

Quad-turbo Diesel poderá ter os dias contados

Bloco de seis cilindros 3.0 atualmente utilizado nas versões de topo a gasóleo não deverá ter sucessor direto.

A BMW utiliza atualmente no mercado europeu um motor de seis cilindros em linha 3.0 com quatro turbos Diesel nas versões de topo M50d do Série 5, Série 7, X5, X6 e X7, mas o Bimmer Today avança que este motor deverá deixar de ser fabricado no próximo verão. A complexidade do motor e os elevados de custos de produção deste bloco (conhecido internamente por B57D30S0) poderão estar na origem da decisão da marca de Munique que em primeiro lugar optará por descontinuar este motor nas berlinas e depois nos SUV.

Este motor, utilizado por exemplo no X7 M50d (ensaiado na autoDRIVE #25) com 400 cv e 760 Nm, pertence à família B57D30 de seis cilindros Diesel que conta também com variantes com apenas um ou dois turbos – e que continuarão em catálogo, para já. A sucessão direta do quad-turbo está fora de hipótese, contudo, fala-se que uma das próximas apostas da BMW poderá ser um Diesel biturbo híbrido para uma nova versão de topo.

Deixe uma resposta

*