Suzuki Jimny deverá sair da Europa por causa do CO2

Suzuki Jimny

Em compensação, o pequeno jipe tem regresso previsto em 2021 numa versão comercial.

A Suzuki vai retirar o Jimny da sua gama na Europa. Segundo a Autocar indiana, esta decisão para o afastamento do pequeno jipe está relacionada com o facto de ter elevados níveis de emissões de CO2. Apesar de ter um motor 1.5 de 102 cv a gasolina, o Jimny emite 178 g/km de CO2. O construtor conseguirá assim reduzir a média de emissões na sua gama.

Mas os fãs do Jimny não terão de esperar muito tempo até que o modelo volte a estar disponível no Velho Continente, algo que está previsto para 2021. Contudo, a substituir a versão de passageiros o “jipinho” nipónico, para já, regressará apenas no formato de carroçaria comercial – que não são sujeitos às mesmas regras de emissões poluentes. Esta versão contará apenas com dois lugares dianteiros e será sujeita a ligeiras modificações no interior.

Na calha está, no entanto, para mais tarde, um Jimny de passageiros com um motor diferente, menos poluente.

Deixe uma resposta

*