“Handling by Lotus” poderá regressar

Opel Lotus Omega

Construtor britânico admite voltar a trabalhar com outros construtores, nomeadamente dando um “toque de Midas” ao seu comportamento.

Agora nas mãos da Geely, a Lotus está a preparar um regresso à produção de novos modelos em escala (algo que não acontece há 12 anos). Além do supercarro elétrico Evija de 2000 cv, o construtor britânico prevê avançar com um novo SUV e o regresso do Esprit. Ouvido pelo Autoblog, o responsável executivo da Sports Car Engineering da Lotus, Matt Windle, foi claro em dizer que “a prioridade é ter uma nova gama de produtos”, descartando para já modelos de nicho como por exemplo um eventual substituto do 3-Eleven – pelo menos para os próximos tempos.

Depois de ter o seu próprio portefólio, o supracitado responsável adianta que a Lotus tem outros projetos em carteira, nomeadamente o lado de consultadoria e de preparação para outras marcas. Isto significa que a sigla histórica “Handling by Lotus” poderá regressar em breve. Foi no âmbito desse programa que foi possível vários projetos icónicos verem a luz do dia tais como o Opel Lotus Omega (na imagem), DeLorean DMC-12, Isuzu Impulse, Vauxhall Carlton, além de outros carros da General Motors.

Isto poderá fazer com que a Lotus Engineering fique responsável de novos projetos especiais na linha dos quais algumas marcas premium se têm especializado, contudo, com um valor bem mais acessível. E já há conversações em curso com outros construtores nesse sentido, segundo Matt Windle.

Deixe uma resposta

*