Glickenhaus anuncia buggy com motor do Astra

Primeira imagem do novo kit car SCG para todo o terreno

O kit car Mini Boot está preparado tanto para pista como para enfrentar o deserto.

A Scuderia Cameron Glickenhaus (SCG) aproveitou a edição do ano passado do The Quail, um evento exclusivo integrado no programa da Monterey Car Week (nos EUA), para apresentar uma interpretação moderna do Baja Boot um modelo conduzido por Steve McQueen no final da década de 1960. Agora, o milionário e produtor de cinema James Glickenhaus, que tem desenvolvido projetos sobretudo dirigidos a carros de competição ou superdesportivos para clientes endinheirados, e que tem uma unidade do Boot original, prepara-se para alargar a abrangência do seu público-alvo com a aposta num ousado buggy de motor central que promete ser mais acessível. Através da sua página do Facebook, a SCG publicou a primeira imagem do Mini Boot. Este modelo tem a particularidade de, muito ao estilo dos Caterham, por exemplo, ter opções montadas pelos próprios proprietários, ou seja, um kit car. Isto significa que o Mini Boot será enviado para os clientes sem o motor. Em causa está um 2.2 Ecotec de origem General Motors, acoplado a uma caixa sequencial da Sadev. O motor foi utilizado durante a década de 2000 em modelos vendidos na Europa como o Opel Astra (G), Vectra ou Zafira, com 147 cv e 210 Nm. O objetivo é que o Mini Boot tenha cerca de 635 kg.

A SCG deverá incluir no catálogo uma versão de tração traseira de série, com opção 4×4 nas variantes mais caras – apontando para correr tanto em pista como no deserto. Além da versão que surge na imagem, com visual inspirado nos Porsche 959 de ralis, está prevista uma versão “open-top”. O preço ainda não foi revelado.

O desenvolvimento do kit car poderá abrir caminho para um modelo compatível com as normas do Dakar, do Baja 1000 ou outras competições que envolvam este tipo de todo o terreno.

Deixe uma resposta

*