Mercedes-Benz mostra primeira imagem do novo Classe S

Teaser oficial do novo Mercedes-Benz Classe S View Gallery 2 photos

Berlina de topo promete novidades tecnológicas, nomeadamente um ecrã central gigante e um novo sistema de condução autónoma.

As fugas de informação e as primeiras imagens do Classe S já começaram a circular na internet há algumas semanas, contudo, só agora é que o construtor de Estugarda publicou o seu primeiro “teaser” oficial. Nesta imagem, a berlina de topo exibe a sua secção dianteira, sem grandes novidades. No desenho evolutivo face ao anterior S, é possível ver uma grelha saliente, ladeada por faróis de formato mais afilado, capot esculpido e entradas de ar inferiores com inserções cromadas. As imagens não oficiais já vistas mostram uma traseira na linha do Classe E e do CLS, com farolins de formato angular posicionados por cima de uma discreta tira cromada, um para-choques traseiro mais arredondado e uma dupla ponteira de escape.

A grande revolução do novo Classe S residirá no interior. Aliás, a Mercedes-Benz promete novidades tecnológicas. Tudo começará no novo volante (ver segunda imagem), que estreará no facelift dos Classe E Coupé e Cabrio – a revelar ainda esta semana. Além disso, haverá um novo painel de instrumentos “flutuante”, saídas de ventilação de formato retangular e uma tira de grandes dimensões em madeira. Novo será também o sistema de infotainment com um ecrã de grandes dimensões de orientação vertical que emerge da consola central, dotado de cerca de 30 cm de largura e 40 cm de altura. Outra novidade são as atualizações de “software” “over the air” e a utilização de uma nova geração de airbags.

A gama de motores deverá incluir um 3.0 de seis cilindros em linha híbrido de 48V com 367 cv e 500 Nm, um V8 4.0 biturbo com 490 cv e 699 Nm e um híbrido plug-in V12 6.0 com 630 cv e 1000 Nm. Como é apanágio do Classe S, o CEO da Mercedes-Benz Ola Kallenius promete um modelo onde reinará o conforto. O novo S será feito com base numa nova plataforma de tração traseira MRA II, o que lhe permitirá crescer por fora, mas também providenciar mais espaço para os ocupantes no interior, assim como uma redução de peso substancial. Esta base possibilitará ainda a adoção de um sistema de quatro rodas direcionais, para facilitar as manobras. Nota ainda para a estreia de uma evolução do sistema de condução autónoma de nível 3, para uma nova suspensão ativa (que eleva a carroçaria em caso de colisão lateral) e novas funções para o sistema de infotainment MBUX.

A sétima geração do Classe S (W223) será produzida na nova Factory 56, que será inaugurada em setembro. O modelo será apresentado na segunda metade deste ano e as primeiras unidades têm chegada prevista para novembro. Desta vez não está prevista uma versão de carroçaria “normal”, apenas a longa, versões AMG e uma versão de luxo Maybach. O Classe S Coupé e Cabrio serão descontinuados.

Em 2021, está prevista a chegada do elétrico EQS – que será produzido na referida fábrica. Esta berlina elétrica de topo será feita com base na nova plataforma MEA, sendo de esperar que tenha uma versão base com 405 cv cuja autonomia superará os 500 km.

Deixe uma resposta

*