Ford Fiesta ganha duas versões “mild hybrid”

Ford Fiesta MHEV View Gallery 2 photos

Inéditas versões híbridas têm por base o motor 1.0 de três cilindros turbo Ecoboost com 125 e 155 cv.

Depois do novo Puma, é a vez da Ford anunciar a chegada de versões “mild hybrid” ao Fiesta. Tal como sucede com o SUV, estas novas derivações “eletrificadas” são feitas com base no motor “mil” Ecoboost de três cilindros turbo, auxiliado por um motor elétrico de 11,5 kW, disponível com 125 e 155 cv. O fabricante diz que a utilização de um sistema de 48V e um sistema integrado de arranque/gerador por correia (BISG) – em vez do tradicional alternador -, que permite recuperar energia na travagem e em situações de “coasting”, possibilitando baixar os consumos em cerca de 5% face às versões 1.0 convencionais de 125 cv. Isto reflete-se em consumos médios de 5 l/100 km e emissões de CO2 de 112 g/km (WLTP). No caso do motor de 155 cv, que tem 240 Nm (mais 20 Nm face à versão convencional), o binário em baixo regimes é 50% superior. Estes motores têm a capacidade de desativar (e ativar em apenas 14 décimos de segundo) um dos três cilindros em determinados contextos, de modo a poupar combustível.

A Ford anunciou também a introdução de uma nova caixa de dupla embraiagem de sete velocidades na gama Fiesta para as versões “não híbridas”, assim como um novo cruise control adaptativo com função stop & go e reconhecimento de sinais de velocidade, a atualização mais recente do sistema de infotainment Sync 3 e uma nova aplicação FordPass3 que permite aos proprietários verificar remotamente informações sobre o carro.

A marca norte-americana pretende lançar 18 modelos eletrificados na Europa até ao final do próximo ano. Em 2022, será aposta um Mustang híbrido. O próximo modelo a receber o motor “mil” Ecoboost mild hybrid será o Focus.

Deixe uma resposta

*