Americano coloca motor do Viper num Plymouth Road Runner

Plymouth Road Runner View Gallery 8 photos

Além do bloco V10, o “muscle car” passou a contar com uma caixa manual de seis velocidades.

Aaron Porter, dono do preparador Horsepower Northwest (sediada em Bremerton, no Estado de Washington, EUA), descreve-se como um fã da Mopar, a linha de acessórios e preparação oficial do grupo FCA. E tendo em conta que a histórica Plymouth pertenceu ao grupo italoamericano até 2001, Porter não hesitou na altura de arregaçar as mangas e restaurar um dos mais conhecidos modelos da marca, o Road Runner. Depois de substituir os para-lamas e as portas, dado que os originais estavam em muito mau estado, tinha em mãos a tarefa e encontrar um novo motor e caixa de velocidades para unidade do “muscle car” originalmente produzida em 1971. Como não se considerava satisfeito com um simples restauro, Porter decidiu mudar o motor para o de um Dodge Viper de 2008.

Neste projeto intitulado GTX-R (que inicialmente foi encomendado para um cliente britânico em 2018), a aposta revelou-se bastante proveitosa, pois trocou um V8 5.2 por um V10 8.4 com 608 cv e 759 Nm. Dadas as maiores dimensões do bloco e a opção de incluir uma caixa manual de seis velocidades, o preparador foi forçado a mudanças no compartimento de modo a conseguir acomodar o dez cilindros, com todos os elementos a terem de ser colocados numa posição inferior e o radiador mais para frente.

Mas as mudanças não se ficaram por aqui, pois o Plymouth modificado passou a contar com um chassis tubular em aço feito à medida e uma suspensão desportiva da Reilly Motorsports. A juntar a isso, apostou em pneus de baixo perfil e jantes douradas que ocultam um sistema de travagem com discos da Baer. O projeto GTX-R (aqui em imagens geradas por computador por Abimelec Arellano) ainda não está concluído, mas pouco deve faltar.

Deixe uma resposta

*