Ferrari Testarossa resgatado depois de 17 de anos ao abandono

Ferrari Testarossa

Novo dono pagou 26 mil euros pelo supercarro, mas terá de desembolsar muito mais para o colocar operacional.

O Ferrari Testarossa é um dos superdesportivos mais desejados do final do século passado. Agora, um conhecido youtuber conseguiu recuperar uma das 7177 unidades produzidas do modelo de motor central-traseiro de 12 cilindros opostos. Scott Chivers, mais conhecido por Ratarossa, é um “caçador” de Ferraris e desta vez, após vários meses de investigação, encontrou um espécime do Testarossa em Porto Rico que esteve abandonado na rua durante 17 anos.

Depois de pagar mais de 26 mil euros ao dono e até agora único proprietário do carro originalmente produzido em 1987, Ratarossa tem um enorme desafio pela frente antes de poder ter o modelo operacional. Pelas imagens, o modelo precisa obviamente de uma pintura, mas no geral aparenta estar em bom estado. Melhor ainda, o carro está intacto, não há sinais de painéis desalinhados e o motor a funcionar, necessitando apenas de uma pequena reparação. Contudo, o solo, o calor e a humidade da ilha do caribe fizeram das suas e o interior precisa de uma reconversão geral.

O carro está agora nas mãos de um mecânico local, contudo, Ratarossa já explicou que o passo seguinte será desmantelar o carro e recuperá-lo na íntegra para depois o vender e ganhar algum dinheiro. O youtuber deu que falar recentemente por ter encontrado o F40 que pertenceu ao filho do ex-presidente do Iraque, Saddam Hussein.

Deixe uma resposta

*