Ford revela Mustang Mach-E com sete motores e 1400 cv!

Ford Mustang Mach-E 1400 Prototype View Gallery 38 photos

Protótipo desenvolvido pela Ford Performance em conjunto com a RTR Vehicles abre caminho a uma versão desportiva do SUV elétrico.

A Ford apresentou um exemplar único de um Mustang Mach-E com sete motores e 1400 cv. Este “one-off” Mustang Mach-E 1400 Prototype foi desenvolvido em conjunto entre a Ford Performance e a RTR Vehicles, um preparador liderado pelo campeão de drift Vaughan Gttin Jr. Segundo a marca norte-americana, este protótipo concebido para pista, “drag races” e “gymkhanas” envolveu mais de 10 mil horas de desenvolvimento. Em vez dos dois motores utilizados na versão de estrada mais potente Mach-E GT (prevista para 2021, com 459 cv e autonomia para 402 km), este novo concept recorre a sete motores: três acoplados ao eixo dianteiro e quatro colocados numa disposição de panqueca no eixo traseiro. Existe um eixo de transmissão a ligar os motores aos diferenciais. Tal como o nome indica, o Mustang Mach-E 1400 tem 1400 cv (uma configuração já mostrada no Mustang Cobra Jet 1400), acrescentando uma bateria de “ultra-alta performance” que poderá abrir caminho uma variante elétrica desportiva de produção. A bateria feita de células de níquel manganês e cobalto tem 56,8 kWh de capacidade, num sistema que foi concebido para ser arrefecido durante o carregamento.

O chassis deste concept, herdado do Mustang Mach-E GT, foi concebido para acomodar diferentes configurações: tração dianteira, traseira e integral. Toda a potência é debitada num dos eixos ou repartida de forma equivalente entre ambos – dependendo se o objetivo é bater o recorde da volta mais rápida ou fazer drift. Em combinação com o ABS e com o controlo de estabilidade, o travão elétrico permite ao protótipo recuperar energia através da travagem. Este modelo elétrico “hardcore” conta com travões da Brembo e um travão de mão hidráulico, para favorecer o drift. O protótipo é descrito como um balão de ensaio de novos materiais, utilizando um capot feito de materiais compósitos provenientes de fibras orgânicas. O resto do carro recorre a vários elementos em fibra de carbono. O design da carroçaria foi concebido de modo a providenciar um nível elevado de “downforce”: mais de uma tonelada a velocidades até 257 km/h, segundo a Ford. Esteticamente, o Mustang Mach-E 1400 dispõe de uma carroçaria alargada e vários elementos aerodinâmicos específicos no para-choques dianteiro e na asa traseira gigante.

O Mustang Mach-E 1400 fará a sua estreia em público no próximo evento da Nascar Cup Series.

Deixe uma resposta

*