Honda CR-Z poderá regressar como coupé elétrico

Honda Sports EV Concept View Gallery 3 photos

Registo da patente abre caminho para um modelo de aspeto retro que partilhará a sua plataforma com o Honda e.

A Honda registou a designação comercial CR-Z nos EUA e de acordo com a Motor Trend isso significa que o construtor nipónico está a preparar uma versão de produção do Sports EV Concept (nas imagens) – um protótipo 100% elétrico que foi apresentado pouco tempo depois do primeiro concept que abriu caminho para o utilitário “zero emissões” Honda e. Contudo, ao contrário do que sucede com o Honda e, o CR-Z não será aposta apenas na Europa, mas também nos EUA e no Japão. Os dois modelos elétricos partilharão a sua plataforma, com suspensão independente em ambos os eixos, tração traseira e repartição de peso 50/50. A grande diferença é que o novo CR-Z contará com uma bateria de maior capacidade (acima dos 35,5 kWh do Honda e, que lhe garantem uma autonomia máxima até 200 km no ciclo WLTP) e um motor mais potente – o Honda e tem opção de 136 e 154 cv.

O novo CR-Z passará a ser uma espécie de modelo de referência tecnológica da Honda, com apenas dois lugares. No fundo, o coupé elétrico posicionar-se-á entre o S660 e o NSX, funcionando como sucessor espiritual do CR-X, do Integra e do S200. O CR-Z original, um modelo com uma configuração de 2+2 lugares comercializado entre 2010 e 2016, foi lançado para suceder ao CR-X. Ficou conhecido por ser o único híbrido de produção a contar com uma caixa manual, neste caso de seis velocidades, acoplada a um motor 1.5 i-VTEC de 114 cv (posteriormente com 121 cv) a funcionar em conjunto com um motor elétrico de 14 cv (depois com 20 cv).

Deixe uma resposta

*