Mercedes-AMG One soa a um F1 moderno

Mercedes-AMG One View Gallery 4 photos

Hipercarro confirmado para 2021 ensaiou pela primeira vez em pista com o motor V6 1.6 turbo derivado da competição.

Após algum tempo de paragem no processo de desenvolvimento, a Mercedes-AMG entrou finalmente na fase decisiva de desenvolvimento do hipercarro One, que começará a ser entregue aos clientes no próximo ano. Nas imagens agora libertadas é possível ver o modelo ainda camuflado a ensaiar em circuito, mas mais importante do que isso é possível ouvir pela primeira vez o motor tal como chegará à produção deste modelo homologado para estrada. E a verdade é que este Mercedes-AMG One parece cumprir com o que prometeu, pois soa a um F1 moderno. É normal que assim seja uma vez que o One surge equipado com um sistema híbrido com um V6 1.6 turbo adaptado precisamente do carro de competição que venceu em 2017. Especula-se que este sistema debitará mais de 1000 cv às quatro rodas. O modelo originalmente previsto para o início de 2019 foi supostamente adiado devido às dificuldades em reduzir as emissões de CO2 num motor tão complexo, utilizando um filtro de partículas em comprometer a performance. Outro conjeturado constrangimento com que os engenheiros se debateram terá sido o de reduzir o nível de rotação do motor para 1200 rpm quando o carro anda “à bolina” (quando o carro de competição roda a 5000 rpm).

Ultrapassadas essas dificuldades, a nova (e derradeira) fase de testes passa pelo desenvolvimento em pista. Para já, as imagens captadas no circuito da própria AMG em Immendingen mostram o carro a afinar a dinâmica de condução e performance, tendo em conta que é modelo concebido para andar na estrada e sendo apto a rolar 26 km em modo elétrico. Ainda não se sabe se o modelo de produção conseguirá equiparar-se às prestações do protótipo de 2017, que anunciava 0-100 km/h em menos de 2,5 segundos, 0-200 km/h em seis segundos e uma velocidade máxima de 350 km/h. O passo seguinte serão os ensaios em Nürburgring, onde a Mercedes-AMG deverá tentar bater o recorde da volta mais rápida no final do processo de desenvolvimento. Em pista serão igualmente testadas algumas funções da aerodinâmica ativa do carro, nomeadamente as grelhas, entradas/saídas de ar e o spoiler.

O Mercedes-AMG One será limitado a 275 unidades e o preço começa nos 2,27 milhões de euros.

Deixe uma resposta

*