Bentley aposta em Flying Spur 100 kg mais leve

Bentley Flying Spur V8 View Gallery 17 photos

Versão com motor V8 4.0 biturbo tem 550 cv anuncia 0-100 km/h em 4 segundos e é apenas 0,2 segundos mais lenta que a versão W12 com 635 cv.

A Bentley revelou a versão de acesso da berlina desportiva de luxo Flying Spur. Esta versão vem munida de um motor V8 4.0 biturbo a gasolina com 550 cv e 770 Nm, que contrasta com o bloco W12 6.0 de 635 cv e 900 Nm da versão de referência (que foi lançada no início deste ano). Já disponível para encomenda e com a chegada das primeiras unidades prevista para antes do fim do ano, o V8 anuncia 0-100 km/h 4 segundos – o que significa que é apenas 0,2 segundos mais lento que o seu “irmão” mais “espigado”. A velocidade máxima é também reduzida de 333 para 318 km/h. Contudo, apesar de ser menos potente, há também vantagens a considerar na versão V8 do Flying Spur (cujo motor desenvolvido pela Porsche e pela Audi é também utilizado no Continental GT V8 e no Bentayga). Para além disso, apesar dos 2,237 kg registados na balança, o V8 é 100 kg mais leve face ao W12, o que poderá favorecer a agilidade e o prazer de condução. Além disso, este motor com menos quatro cilindros beneficia da tecnologia de desativação de cilindros, que desliga metade dos mesmos abaixo das 3000 rpm, se o condutor exigir menos do que 235 Nm de binário no pedal do acelerador – uma medida que promete reduzir as emissões de CO2 na ordem dos 17% e os consumos em cerca de 16%, segundo a marca.

Em comparação com o seu antecessor, o Flying Spur V8 é 43 cv mais potente e tem mais 110 Nm.

O Flying Spur V8 vem equipado de série com uma suspensão adaptativa, sistema de vectorização de binário e tem entre opcionais a uma barra anti-aproximação elétrica e um sistema de quatro rodas direcionais. Por fora, tirando os logótipos V8 na carroçaria, as novas jantes e o escape com quatro ponteiras ovais, o Flying Spur V8 é igual ao W12. O Flying Spur V8 pode ser encomendado na configuração de quatro ou cinco lugares. Existem sete cores à disposição, sendo que o carro pode ser especificado com o pack Blackline que troca os cromados do exterior por detalhes escurecidos.

Diferente será seguramente o preço, que ainda está por confirmar.

Deixe uma resposta

*