Jaguar prepara SUV elétrico J-Pace para 2021

Render do Jaguar J-Pace

Novo concorrente do Tesla Model X partilhará a plataforma com o novo XJ.

O grupo Jaguar Land Rover pretende apostar em três modelos elétricos em 2021: o Land Rover Road Rover e o Jaguar XJ e J-Pace. A produção deste trio de novidades deverá ser alocada à fábrica de Castle Bromwich (que servirá de local de fabrico de modelos totalmente elétricos), integrada no plano do construtor britânico de investir 1,1 mil milhões de euros no desenvolvimento de modelos “zero emissões”. No caso do J-Pace, estamos a falar de um SUV de referência, que se posicionará acima do F-Pace em termos de tamanho, e partilhará a sua plataforma modular MLA (apta a receber motorizações térmicas, híbridas ou 100% elétricas) com a próxima geração do XJ. Segundo a Auto Express, o J-Pace terá, por um lado, elementos que o ligam ao único modelo elétrico da gama atual da Jaguar, o I-Pace, embora haja também traços que remetam para o mais “tradicional” F-Pace, sobretudo no que toca à silhueta. É de esperar que o novo SUV de topo da Jaguar integre uma grelha fechada e adote faróis em LED de formato afilado, como já é caraterístico da marca britânica.

O Jaguar J-Pace (na imagem, um render digital) será assumidamente, portanto, um concorrente direto do Tesla Model X, prometendo uma autonomia máxima até 482 km (WLTP). Contará tração integral e terá na sua versão de topo uma bateria com 100 kWh de capacidade.

As recentes movimentações no comando da Jaguar, com a troca de Ralf Speth pelo ex-Renault Thierry Bolloré, serviram para reafirmar os planos de tornar a marca num emblema 100% elétrico, para concorrer diretamente com a Tesla ou a Polestar.

Deixe uma resposta

*