Porsche Taycan de tração traseira já está disponível

Porsche Taycan View Gallery 11 photos

Nova versão de acesso equipada com apenas um motor elétrico está disponível com 408 e 476 cv.

A Porsche abriu as encomendas em Portugal da versão base do Taycan, cujo preço arranca nos 87.127 euros. As primeiras entregas estão previstas para meados de março. Esta versão com apenas um motor elétrico de colocação traseira está disponível com 408 cv em overboost com Launch Control (326 cv de potência nominal) ou com 476 cv (380 cv de potência nominal) equipada com a bateria opcional Performance Plus. Além da potência, estas duas versões possuem baterias diferentes, com 79,3 kWh e 93,4 kWh de capacidade, respetivamente. Esta versão base do gran turismo elétrico custa menos 23.739 euros face ao Taycan 4S disponível com 530 cv e 571 cv em overboost. Além disso, coloca o Taycan mais acessível face ao 911 Carrera.

Uma das grandes vantagens deste Taycan RWD é o facto de poupar mais de 100 kg face ao Turbo e ao 4S, pelo facto de ter apenas um motor – o que o coloca nos 2050 kg peso na versão com a bateria mais pequena (2130 kg na versão com a bateria maior). O fator peso reflete-se num aumento da autonomia na ordem dos 7%, segundo a Porsche – para um total de 431 e 484 km, dependendo da bateria escolhida. O consumo anunciado é de 28 e 28,7 kW/100 km, respetivamente. A bateria mais pequena carrega a um máximo de 225 kW e a maior até 270 kW, o que permite carregar de 5 a 80% em 22 ou 30 minutos, respetivamente. Cinco minutos de carregamento correspondem a uma autonomia de 100 km. Em opção, a Porsche dispõe de uma tomada de 22 kW (o de série é de 11). A travagem regenerativa permite recuperar 265 kW. Esta nova versão do Taycan anuncia 0-100 km/h em 5,4 segundos com recurso ao Launch Control (1,4 segundo mais lento face ao 4S) e uma velocidade máxima limitada a 230 km/h (20 km/h a menos que o 4S).

Esteticamente, este Taycan base (que estreou na cor Frozen Berry) pouco difere da restante gama. A principal mudança reside nas jantes de 19 polegadas, com pinças de travão em preto de seis êmbolos à frente e de quatro atrás, e pelo “lettering” Taycan sem qualquer sufixo na traseira. Contudo, os elementos estéticos presentes na restante gama figuram na lista de opcionais. Por dentro, este Taycan é também praticamente colado às variantes até agora conhecidas, tendo a vantagem de possibilitar um habitáculo sem qualquer revestimento em couro, recorrendo em vez disso a materiais reciclados, nomeadamente fios de pesca processados – opção que será integrada na restante gama. O novo Taycan RWD conta com molas de aço, embora disponha de suspensão pneumática em opção.

A introdução desta versão de acesso do Taycan vem acompanhada de um “upgrade” do equipamento de série em toda a gama. A partir de agora, todas as versões contam com rádio digital, faróis em LED, ar condicionado de duas zonas, revestimentos parcialmente couro e bancos com oito níveis de ajuste elétrico. O Turbo S passa a beneficiar de quatro rodas direcionais, do pack Sport Chrono e do Porsche Electric Sport Sound.

Deixe uma resposta

*