Audi e-tron GT mostrado antes do tempo

Audi e-tron GT View Gallery 6 photos

Gran turismo elétrico, feito com base na mesma plataforma do Porsche Taycan, será oficializado na próxima semana.

A Audi já tinha confirmado a apresentação do e-tron GT para dia 9 de fevereiro (a próxima terça-feira). Contudo, os espanhóis da Cochespias já partilharam algumas imagens do exterior e do interior do novo gran turismo elétrico. O e-tron GT já está disponível para encomenda e deverá começar a ser entregue aos clientes durante a primavera. A nova referência tecnológica 100% elétrica da marca dos quatro anéis é feita a partir da mesma base tecnológica que o Porsche Taycan e mantem-se fiel ao concept original de 2018, sobretudo a silhueta de tipo “fastback” marcada pela inclinação pronunciada da linha do tejadilho. Os genes desportivos notam-se pelas jantes de 22 polegadas e pneus de baixo perfil. A principal diferença é a inclusão de uns puxadores das portas convencionais. Apesar das semelhanças, o modelo final tem uns faróis rasgados interligados por uma barra fina em preto, uma grelha fechada com um formato diferente, embora tenha o típico desenho Singleframe caraterístico da marca de Ingolstadt, e um para-choques reconfigurado. No interior é também uma reprodução do luxuoso protótipo, caraterizado por pelo predomínio da digitalização, com um painel de instrumentos de grandes dimensões e um ecrã tátil na consola central.

As fotos mostram provavelmente a variante “normal”, sendo que para mais tarde está prevista uma variante desportiva RS – já confirmada com 598 cv (646 cv em overboost) e 830 Nm. Esta versão de topo, com caraterísticas similares ao Porsche Taycan Turbo, será capaz de acelerações de 0 a 100 km/h em menos de 3,5 segundos. A bateria com 83,7 kWh de capacidade terá uma autonomia máxima acima dos 400 km e será capaz de carregar até 100 km de autonomia em 5 minutos com uma carga ultrarrápida. A versão de apresentação do e-tron GT, o modelo branco das imagens, poderá ser uma versão intermédia com configuração de dois motores elétricos, com potência a rondar os 500 cv. Esta versão terá uma autonomia aproximada de 450 km (WLTP). Contudo, está também prevista para mais tarde uma opção com apenas um motor elétrico e tração traseira, ao estilo da versão base do Taycan recentemente apresentada.

Deixe uma resposta

*