Novo Nissan X-Trail chega à Europa no verão de 2022

Nissan X-Trail View Gallery 15 photos

SUV de sete lugares contará com tecnologia híbrida ePower.

A Nissan estreou no Salão de Xangai, na China, a quarta geração do X-Trail. O novo SUV, que continuará a ter opção de sete lugares começou por ser lançado com o nome Rogue nos EUA e que dentro de pouco será aposta na China, só estará disponível na Europa no verão de 2022. Feito com base na nova plataforma modular CMF-C da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, e à luz do que é conhecido do Rogue, o novo X-Trail terá 4640 mm de comprimento, 1830 mm de largura e 1699 mm de altura – o que significa que é 38 mm mais curto e 5 mm mais baixo face ao antecessor.

Visualmente distingue-se significativamente do antecessor, destacando-se a nova assinatura luminosa com duas tiras – ao estilo do novo Qashqai – e uma aerodinâmica aprimorada. Atrás, há um “look” mais angular e os farolins prolongam-se pelos ombros e pelas esquinas traseiras do carro. As proteções na carroçaria conferem-lhe um aspeto mais robusto. O novo modelo adotará uma nova suspensão dianteira e promete uma direção com melhor capacidade resposta, visando uma melhoria no comportamento dinâmico.

Por dentro, impera um visual mais moderno e as semelhanças com o Qashqai são evidentes. Destaque para o painel de instrumentos digital, para o ecrã tátil de grandes dimensões (com comandos de climatização independentes por baixo) e um comando rotativo na consola central para selecionar os modos de condução. Ao lado está o comando da caixa automática de pequenas dimensões e o sistema de carregamento por indução do smartphone. Já o volante multifunções de fundo plano tem um atalho para acionar a função de condução semiautónoma. Nota ainda para a função e-Pedal, que permite conduzir apenas com um pedal, inicialmente lançada no Leaf.

Sem adiantar muito, a Nissan vai dizendo que a gama de motores contará com tecnologia híbrida ePower. O mais certo é que replique a fórmula utilizada no Qashqai, com um motor 1.5 a gasolina, que funciona como gerador e trabalha em conjunto com um motor elétrico, para um débito máximo de 190 cv e 300 Nm. Abaixo deste deverão ficar também as versões 1.3 “mild hybrid” também presentes na gama Qashqai com 140 e 158 cv (esta última com opção CVT X-tronic). Não haverá opções Diesel. Confirmada está uma variante 4×4, com modos de condução específicos para neve, lama e gravilha.

Deixe uma resposta

*