Nova Peugeot 308 SW traz bagageira com 608 litros

Peugeot 308 SW

Carrinha tem versão de topo híbrida plug-in com 225 cv e até 60 km de autonomia elétrica.

A Peugeot revelou a nova geração do 308 de cinco portas em março e agora é a vez da SW, cujas primeiras unidades chegarão a Portugal no início de 2022. Como seria de esperar, a carrinha de Sochaux tem uma secção dianteira idêntica à do hatchback. No caso da carrinha a diferença sente-se do pilar B para trás, com a barra em LED traseira a perder a faixa divisória em preto e a linha de tejadilho com uma queda mais acentuada e sublinhada por um spoiler posterior. A 308 SW tem 4,64 metros de comprimento (mais 25 cm que o hatchback) e 2732 mm de distância entre eixos (o o equivalente a mais 55 mm que o cinco portas). Isso reflete-se em mais 129 mm de espaço para as pernas dos ocupantes dos lugares posteriores. O vão traseiro é 210 mm mais comprido face ao cinco portas e a bagageira cresceu de 412 para 608 litros de capacidade. Os bancos traseiros podem ser rebatidos na proporção 40:20:40 e uma vez em baixo proporcionam o volume de carga máximo de 1634 litros e o transporte de objetivos até 1,85 metros de comprimento. Na versão PHEV, a volumetria cai para 548 e 1574 litros. Ao abrir a mala através do sistema mãos-livres, encontra-se uma tomada de 12V, iluminação em LED, redes e ganchos. A nova 308 SW é 6 cm mais comprida e 20 mm mais baixa do que antecessora.

Por dentro, manteve-se tudo na mesma face ao 308 de cinco portas, com a versão mais recente do conceito i-Cockpit, composto por um volante multifunções com o característico formato oval, painel de instrumentos digital e ecrã de infotainment com 10 polegadas. As versões mais equipadas dispõem de faróis em LED Matrix e farolins full-LED. É possível escolher entre jantes de 16 e 18 polegadas. Visualmente os híbridos distinguem-se pelo logótipo na traseira e pelo LED em cor ciano no espelho retrovisor.

Quanto a motores, é possível escolher entre o 1.2 Puretech a gasolina com 110 e 130 cv e o 1.5 BlueHDI Diesel de 130 cv, qualquer um com opção de caixa manual de seis velocidades ou automática de oito relações. Há também uma dupla de híbridos plug-in, com base num motor 1.6 Puretech, que reúnem um total de 180 e 225 cv. Ambos estão equipados com bateria de 12,4 kWh de capacidade a garantir autonomia até 60 km (WLTP). O carregador de série é de 3,7 kW, havendo opção de 7,4 kW.

Deixe uma resposta

*