Bugatti apresenta versão de produção do Bolide

Bugatti Bolide

Hipercarro de competição com motor W16 é limitado a 40 unidades.

A Bugatti tem apostado em diversas variantes do Chrion, mas o Bolide é mesmo a mais extrema de todas. Este hipercarro começou por ser apresentado sob a forma de protótipo experimental em outubro de 2020 (numa versão com 1850 cv e 1850 Nm, a funcionar com gasolina de 110 octanas), mas agora é a vez da versão de produção. Este modelo exclusivamente concebido para pista vem equipado com um motor W16 8.0 quad-turbo de 1600 cv (mais 100 cv que o Chiron convencional) e 1600 Nm a funcionar com gasolina 98 e chegará aos clientes em 2024. Isto significa que o Bolide de produção é tão potente como o Chiron Super Sport 300+, embora com os seus 1450 kg (significativamente acima dos 1240 kg apontados para o protótipo) o Bolide seja mais leve que o Chiron Super Sport+ – uma relação peso/potência de 0,9 kg/cv que lhe garante prestações bombásticas em pista.

Esteticamente, no entanto, o Bolide final replica o protótipo original, que tem como premissa ser um carro radical leve capaz de extrair o máximo da plataforma e do motor do Chiron, neste caso para brilhar em pista ao mais alto nível. Aliás, o motor foi afinado especificamente para atingir mais rpm, mas também o sistema de arrefecimento, de admissão e de escape foram reconfigurados visando melhorar a prestação em circuito. Os homens da marca de Molsheim dizem que os carros de Fórmula 1 serviram de inspiração para algumas entradas de ar e para a frente imponente (com as designadas “X-planes”). O Bolide cumpre as normas da FIA, graças a um sistema HANS (apoio para a cabeça e pescoço), extintor automático, sistema de reabastecimento adaptado, jantes com porca central e cinto de segurança com seis apoios.

A marca francesa diz que o Bolide tem uma produção limitada a 40 unidades. O preço por unidade será de quatro milhões de euros antes de impostos (ainda assim metade do Centodieci). É esperar que seja oferecido aos clientes a possibilidade de participarem em “track days” exclusivos.

Deixe uma resposta

*