Ferrari de edição limitada será revelado dentro de dias

Ferrari Monza

Novo supercarro de Maranello sucederá à dupla Monza SP1 e SP2.

A Ferrari já nos habituou a um lote de modelos de produção limitada. Durante a apresentação dos resultados financeiros aos acionistas, o CEO da marca italiana confirmou que o novo modelo “Icona” será mostrado em meados do mês de novembro. Apesar disso, Benedetto Vigna coibiu-se de avançar com uma data concreta, com um nome ou preço do novo modelo altamente exclusivo. Esta é uma boa notícia para os fãs da marca do Cavallino Rampante que só esperavam novidades para 2022.

Ao que tudo indica, o novo “Icona” será baseado num carro já existente, o que significa que seguirá a mesma fórmula utilizada no Monza SP1 e SP2 (na imagem principal), uma dupla de “roadsters” mostrada em 2018 baseada no 812 Superfast. Neste caso, o novo carro será, alegadamente, segundo é possível aferir nas fotos espia (na segunda imagem, publicada pela Motor1), derivado do LaFerrari Aperta. A inspiração da marca de Maranello para esta nova edição limitada será o 330 P4 de competição datado de 1967. Espera-se, no entanto, que o motor do novo “Icona” seja o mesmo V12 6.5 naturalmente aspirado com 830 cv utilizado no 812 Competizione e não com o sistema híbrido do LaFerrari.

Especula-se que esta edição limitada custará cerca de 2,2 milhões de euros. Serão construídos menos de 500 unidades.

Deixe uma resposta

*