Lamborghini de Le Mans terá novo motor V8 biturbo híbrido

Lamborghini LMDh teaser

Este será o primeiro motor de competição desenvolvido integralmente pela divisão Squadra Corse.

Após a confirmação da entrada em Le Mans em 2024 na categoria LMDh, a Lamborghini adiantou que utilizará para o efeito um motor V8 biturbo com assistência híbrida. Este protótipo, que disputará provas no WEC e no IMSA, contará com o primeiro motor de competição desenvolvido integralmente pela divisão Squadra Corse.

Limitado pelos regulamentos, este sistema debitará um máximo de 680 cv. A MGU do motor é da Bosch e as baterias são fornecidas pela Williams Advanced Engineering. A potência do conjunto será gerida por uma caixa Xtrac (P1359) de sete velocidades. Os LMDh pesam 1030 kg, sem fluídos ou condutor. Medem um máximo de 5,1 metros e 2 m de largura. A velocidade máxima é limitada a 340 km/h. As regras permitem que o construtor escolha o fornecedor do chassis, que neste caso foi a Ligier.

A imagem teaser mostra a assinatura luminosa em forma de Y e as linhas afiadas similares aos modelos de estrada da marca italiana.

A entrada em competição em 2024 implica que a Lamborghini estará ausente do ano do arranque da categoria LMDh, cuja estreia está prevista para as 24 Horas de Daytona que se disputarão no próximo mês de janeiro.

Entre os concorrentes da Lamborghini estarão o Acura AR24e com um motor V6 2.4 biturbo capaz de atingir 10.000 prm, a Alpine, o BMW M Hybrid com motor de base V8 4.0 biturbo, o Cadillac GTP Hypercar com um V8 5.5 naturalmente aspirado e o Porsche 963 com um V6 4.6 biturbo. A Ferrari entrará numa classe à parte, a dos LMH.

Deixe uma resposta

*