Toyota GR Yaris surge com 261 cv e tração integral

Toyota GR Yaris View Gallery 14 photos

Inspirado no WRC, é o modelo de estrada com o três cilindros mais potente de sempre.

A Toyota revelou hoje no Tokyo Auto Salon, no Japão, o GR Yaris. Exclusivamente disponível no formato de três portas a partir do final do ano, a versão mais “espigada” da nova geração do utilitário surge munida do motor de três cilindros mais potente de sempre utilizado num modelo de estrada. Este concorrente, entre outros, do Ford Fiesta ST, Renault Clio RS e do VW Polo GTI, surge equipado com um motor 1.6 de três cilindros turbo com 261 cv e 360 Nm, acoplado a uma caixa manual de seis velocidades. A versão japonesa do carro conta com 272 cv e 370 Nm. Outra das grandes novidades é a inclusão de um sistema de tração integral, que acrescenta um diferencial Torsen por cada eixo no opcional Circuit Pack. Este kit permite ainda contar com uma suspensão desportiva, jantes forjadas de 18 polegadas e pneus Michelin Pilot Sport 4s de medida 225/40 (em vez dos pneus de série, uns Dunlop Sport Maxx).

Aquele que é o único Yaris de três portas da nova geração possui uma suspensão com uma nova arquitetura, com triângulos sobrepostos e barra de torção atrás, discos de travão ventilados de 356 mm e pinças de quatro êmbolos à frente e discos de 297 mm e pinças de dois êmbolos atrás. Este GR Yaris dispõe de três modos de condução. Normal, Sport e Track, que possibilita a distribuição de binário entre eixos na proporção 60:40, 30:70 e 50:50, respetivamente. Apesar disso, é possível distribuir a totalidade do binário à frente ou atrás em determinadas situações, de acordo com as condições de aderência. A carroçaria conta com elementos em polímero de fibra de carbono e alumínio. Com 1280 kg, esta versão tem 4,9 kg/cv. Anuncia 0-100 km/h em menos de 5,5 segundos e surge com uma velocidade máxima eletronicamente limitada a 230 km/h.

Visualmente, distingue-se pelas portas sem aro, linha de tejadilho 91 mm mais baixa, entradas de ar dianteiras sobredimensionadas, cavas das rodas alargadas, asa traseira e difusor a incorporar uma dupla ponteira de escape. No interior, realce para os revestimentos em couro preto e alcantara, com pespontos vermelhos, bacquets dianteiras com a inscrição GR nos encostos de cabeça, volante GR e instrumentação específica. Este GR Yaris, que servirá de base para o próximo R4, será produzido em Motomachi, no Japão, numa linha específica para modelos GR, através de um processo maioritariamente artesanal.

Deixe uma resposta

*