Porsche garante motor de seis cilindros aspirado até 2026

Novos Porsche 718 Cayman e Boxster GTS 4.0 no circuito do Estoril View Gallery 5 photos

Motor 4.0 é atualmente utilizado nas novas versões mais potentes do Cayman e do Boxster.

A Porsche assegurou que o motor naturalmente aspirado 4.0 de seis cilindros boxer, conhecido pelo nome de código 9A2 Evo, utilizado nas versões mais potentes da gama 718 Boxster e Cayman (Cayman GT4/Boxster Spyder, mas também nos recém-anunciados Cayman/Boxster GTS 4.0) continuará em produção até 2026. A confirmação foi dada à Top Gear pelo responsável da Porsche Motorsport, Frank Walliser, e por Sebastian Oettel, o engenheiro que encabeça os projetos 718. Este último assegura que o referido motor (dotado de um sistema de desativação de cilindros e de um filtro de partículas, o que lhe permite cumprir a norma Euro 6DG-Temp) perdurará enquanto as regras de emissões assim o permitam – o que acontecerá mesmo após o fim da produção da atual geração dos 718, prevista para 2024. Segundo ele, durante este período, os novos modelos híbridos e elétricos da marca de Zuffenhausen permitirão contrabalançar com o “flat-six”, sem que haja risco de multas por excesso de emissões de CO2.

Entretanto, a Porsche confirmou que o Cayman GT4 e o Boxster Spyder (lançados apenas com caixa manual de seis velocidades) ganharão uma opção com caixa de dupla embraiagem de sete velocidades no início de 2021.

Oettel adiantou que a “eletrificação” chegará primeiro à gama 911 e só depois ao 718.

Deixe uma resposta

*