McLaren assinala feitos em pista com Elva especial

McLaren Elva M1A by MSO View Gallery 2 photos

O M1A by MSO recupera as cores de um carro recordista com que Bruce McLaren correu em 1964.

Poucos meses depois de apresentar o Elva, a McLaren aposta agora numa edição especial do supercarro desenvolvida em colaboração com a divisão de personalização McLaren Special Operations (MSO). O Elva M1A by MSO presta homenagem ao M1A com que Bruce McLaren venceu o G.P. do Canadá a contar para a Can-Am. Nesse dia, o piloto conseguiu bater a recorde da volta mais rápida à pista de em Mosport Park por sete vezes (apesar de ter terminado a corrida em terceiro lugar, devido a problemas técnicos). O modelo original, muito avançado tecnologicamente para a época e considerado o primeiro verdadeiro McLaren da história, envergava um chassis tubular, para um total de 551 kg e contava com os préstimos de um motor V8 4.5 em alumínio a debitar 310 cv. Depois de regressar ao Reino Unido, o modelo serviu de molde a uma produção de 24 réplicas de um modelo que ficou conhecido como McLaren-Elva Mk 1 encomendada por Frank Nichols da Elva Cars.

O Elva especial, um speedster que se destaca pela ausência de tejadilho e vidros, é igualmente um “lightweight”, mas o seu V8 4.0 biturbo coloca no chão expressivos 815 cv e 800 Nm, que lhe permitem acelerar de 0 a 100 km/h em menos de três segundos. Neste M1A by MSO, o supercarro conta com uma carroçaria pintada em preto e prateado, com uma linha vermelha a dividi-las, acrescentando ainda jantes pretas. A inclusão do número 4, alusivo ao carro de competição utilizado por Bruce McLaren, é opcional.

Limitado a 399 exemplares, o Elva convencional tem um preço acima dos 1,5 milhões de euros.

Deixe uma resposta

*