Audi mais potente de sempre chega na primavera

Audi RS E-tron GT protótipo View Gallery 18 photos

Com 646 cv, o grand tourer elétrico RS e-tron GT promete 0-100 km/h em menos de 3,5 segundos.

A Audi adiantou mais detalhes acerca do seu modelo mais potente de sempre, o RS e-tron GT que será revelado no início do próximo ano, com as primeiras entregas previstas para a primavera de 2021. Trata-se de um gran tourer elétrico munido de dois motores capazes de debitar um total de 646 cv (mais 26 cv do que o R8 Performance equipado com um motor a gasolina V10 5.2 naturalmente aspirado). Contudo, em condições normais este “super GT” disponibiliza 238 cv no motor dianteiro e 455 cv no traseiro (o que possibilita obter tração integral), para um resultado combinado de 598 cv e 830 Nm. A marca de Ingolstadt, que apresentou agora imagens de um protótipo ainda camuflado deste que será o seu “ponta de lança” 100% elétrico, não confirmou as prestações oficiais, embora vá dizendo que o RS e-tron GT será capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3,5 segundos. A velocidade máxima será limitada a 250 km/h.

O novo elétrico de topo da marca dos quatro anéis será feito com base na plataforma J1, a mesma do Porsche Taycan, será equipado com uma bateria de 94,3 kWh de capacidade posicionada entre os eixos que lhe garante autonomia para cerca de 400 km (WLTP). Ligada a uma tomada rápida de 350 kW é possível, é possível encher 80% da bateria em 22,5 minutos. Ao todo são 396 células de bateria posicionadas a 13 cm do chão. O carro vem munido de dois circuitos sofisticados a líquido. Há um circuito de líquido frio que serve para regular a temperatura da bateria de alta voltagem e um de líquido quente destinado a manter a temperatura dos motores e da eletrónica do carro. A estes junta-se um circuito frio e um circuito de aquecimento para o interior. Este sistema funciona em conjunto com a navegação quando o condutor seleciona deslocar-se para um ponto de carregamento. Cerca de meia hora antes de chegar ao local, o sistema de gestão térmica do carro ajusta a temperatura da bateria para o nível ideal para o nível de carga e a capacidade do posto de carregamento.

Com 2,3 toneladas de peso e munido de um sistema de quatro rodas direcionais de fábrica, o novo RS e-tron GT tem cerca de cinco metros de comprimento, sendo menos comprido do que o A7 e mais baixo do que o R8. A bagageira tem cerca de 400 litros de capacidade, a que devem juntar os 88 litros do compartimento posicionado debaixo do capot dianteiro. Entre os modos de condução será possível escolher Comfort, Sport, Eco e Individual. As patilhas no volante permitem regular três níveis de regeneração da bateria durante a travagem e desacelerações. Conta com uma suspensão pneumática de três níveis de ajuste, com vários modos que permitem regular a altura ao solo. O grand tourer contará em opção com travões carbocerâmicos.

Mais tarde, está prevista uma versão com três motores deste e-tron GT.

Deixe uma resposta

*