Citroën 2CV de ralis com dois motores vai a leilão

Citroën 2CV 4x4 View Gallery 10 photos

Exemplar único ao estilo Baja Buggy correu o Rali do Atlas em Marrocos.

O acessível Citroën 2CV é um modelo intrinsecamente ligado a Portugal, tendo deixado de ter sido produzido em Mangualde há precisamente 30 anos. Agora, um exemplar muito especial do utilitário francês da década de 1980 vai a leilão. Trata-se de um exemplar transformado por Jack Hanon, com o objetivo de correr no Rali do Atlas (em Marrocos). Após mais de 3 mil horas de trabalho, nasce então este 2CV 4×4. Construído em Gennevilliers, nos subúrbios de Paris, em França, o “one-off” correu durante uma década nas estradas marroquinas, antes de Hanon emigrar para o Canadá e ter levado o carro com ele. Acontece que o criador deste 2CV de ralis morreu em meados da década de 1990 e a sua viúva manteve-o por quase 20 anos parado antes de o vender em 2014. O carro foi então restaurado, incluindo a sua decoração original – até os autocolantes da marca de roupa interior “Coup de Coeur”.

A principal particularidade deste modelo “aventureiro” é, em homenagem ao Citroën Sahara 4×4, a inclusão de dois motores 1.3 retirados do Citroën GSA – o primeiro posicionado no eixo dianteiro que está interligado com o segundo que está posicionado atrás – o que lhe permite debitar um total de 130 cv. Apesar disso, existe apenas um pedal de embraiagem e um punho de caixa. As ponteiras de escape foram colocadas na zona lateral. Outra das caraterísticas deste modelo é a suspensão independente que permite 30 cm de altura ao solo.

Depois de uma passagem pelos EUA, o carro está agora na Holanda, embora não se encontre numa condução excelente. Apesar de a carroçaria e o interior não aparentarem problemas de maior, o vendedor aconselha a uma inspeção antes da aquisição. A leiloeira Bonhams estima que poderá ser arrematado por um valor entre 17 e 28 mil euros.

Deixe uma resposta

*