Lisboetas põem Mercedes 300 SL a voar

Mercedes 300 SL Gullwing

Mítico Gullwing volta à vida numa animação assinada pelo estúdio especialista em efeitos especiais Briktop.

O 300 SL, o coupé mais icónico da história da Mercedes-Benz, foi alvo de um merecido tributo através de uma curta metragem criada pelo estúdio lisboeta da Briktop. O estúdio especialista em efeitos especiais (CGI), que descreve o modelo alemão como “o carro mais icónico de sempre”, desenvolveu uma animação na que mostra em detalhe o clássico de design intemporal a tomar forma em andamento, quase ao detalhe do parafuso. Já a carroçaria do lendário Gullwing W198 surge forjada nos céus, qual criação divina, e com a ajuda das suas caraterísticas portas “asa de gaivota” abertas desce em direção à terra para se fundir com a sua base, onde já está o chassis e o motor. Por fim, o vídeo termina com o 300 SL já montado numas épicas manobras em pleno deserto.

Equipado com um motor 3.0 de seis cilindros em linha com 215 cv e 275 Nm, acompanhado por uma caixa manual de quatro velocidades a enviar potência para o eixo traseiro, o 300 SL era o carro de produção mais rápido do seu tempo: anunciava 0-100 km/h em 9,3 segundos e uma velocidade máxima de 262 km/h.

A Mercedes-Benz produziu apenas 1400 unidades do 300 SL entre agosto em 1954 e maio de 1957. Entre eles, 29 unidades tinham carroçaria “lightweight”, houve um modelo experimental com painéis em plástico e unidades de competição 300 SLR (W196 R) com motores maiores de oito cilindros. Dado o sucesso do 300 SL Gullwing, especialmente nos EUA, a Mercedes-Benz criou em 1957 uma variante Roadster – da qual produziu 1858 cópias até 1963.

Deixe uma resposta

*