Novo “mini” Jeep chega em 2022 com base Stellantis

Novo "mini" Jeep recorrerá à plataforma CMP

SUV mais pequeno que o Renegade será produzido na Polónia e abrirá caminho a “irmãos” da Alfa Romeo e da Fiat de caraterísticas semelhantes.

A Jeep vai começar a fabricar em Tychy, na Polónia, o seu novo SUV de acesso, a partir de julho do próximo ano. De acordo com a Automotive News Europe, este novo modelo, ainda sem nome conhecido, utilizará a plataforma CMP da Stellantis, a mesma do Peugeot 2008, entre outros. Este “mini” Jeep pertencerá ao segmento B, posicionando-se abaixo do Renegade.

Para compensar o facto de a CMP não ser uma base que permita tração integral, o novo Jeep deverá utilizar um motor elétrico no eixo traseiro – numa configuração semelhante à que já é utilizada nas versões híbridas plug-in 4xe do Renegade e do Compass. Além da versão PHEV, o novo Jeep contará com versões “mild hybrid” com base no motor 1.2 Puretech e 100% elétrica de 136 cv e com cerca de 320 km de autonomia – pelo menos a julgar pelo que já é praticado nos “irmãos” DS3 Crossback e-Tense e Peugeot 2008. O Diesel deverá ficar fora da equação.

Este SUV da Jeep abrirá caminho para um modelo de caraterísticas semelhantes da Alfa Romeo, o Brennero (a posicionar abaixo do Tonale), que começará a ser produzido em janeiro de 2023, e de um novo Fiat de silhueta idêntica (em princípio um sucessor do Panda), com início de produção agendado para julho de 2023.

A Stellantis está a investir mais de 165 milhões de euros na modernização da fábrica polaca, onde atualmente são feitos o Fiat 500 e o Lancia Ypsilon, para produzir a nova vaga de modelos.

Deixe uma resposta

*