Renault vai estrear Kadjar II na próxima primavera

Foto espia do próximo Renault Kadjar

Próxima geração do SUV chegará em 2022 dará origem a uma nova família de modelos.

A Renault está concentrada na nova geração do Kadjar, que será a grande aposta da marca francesa para o próximo ano – apesar do esforço para acelerar a aposta numa próxima vaga de modelos elétrico. O SUV compacto francês (que até poderá receber um novo nome) deverá ser apresentado na próxima primavera e chegar ao mercado no verão de 2022. Mais importante do que isso, o Kadjar II partilhará a sua base com o novo Nissan Qashqai e contará com uma profunda renovação da gama, dando origem a uma família de modelos. Assim, o SUV contará não só com o modelo tradicional com silhueta similar à que já conhecemos, mas também com uma versão de formato coupé, mais desportiva, e com uma opção de sete lugares (para substituir o Koleos).

O novo Kadjar evoluirá a partir da base CMF-C/D da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi e será visualmente bastante diferente do modelo atual. Aliás, o futuro Kadjar (na última foto da galeria uma ilustração assinada por Kolesa.ru) adotará algumas linhas do elétrico Mégane E-Tech Electric. As fotos mostram linhas afiadas, com uma nova grelha superior e outra inferior, além de novos faróis em LED. A linha do tejadilho parece ter uma queda mais pronunciada e atrás existem novos farolins em LED de formato mais afilado. O novo Kadjar promete ser um modelo maior face ao atual (lançado em 2015), seguindo o que aconteceu com o mais recente Qashqai que passou para os 4,43 metros de comprimento (mais 3,5 cm do que antes). Esse crescimento terá também reflexo na capacidade da bagageira, que deverá superar os 500 litros. O interior será substancialmente renovado, com a inclusão de uma dupla de ecrãs tipo tablet (para o painel de instrumentos e sistema de infotainment). Há ainda um novo volante e a consola central incorpora novos comandos para o sistema de ventilação e em baixo tem um novo punho da caixa manual de seis velocidades.

No lançamento, o Kadjar terá os mesmos motores do “irmão” Qashqai, ou seja, um 1.3 a gasolina “mild hybrid” com versões de 140 e 158 cv, além do “full hybrid” e-Power 1.5 com 188 cv. Contudo, mais tarde, estão previstas outras versões: uma “mild hybrid” com base num motor 1.2 de três cilindros que terá selo E-Tech Hybrid e debitará cerca de 200 cv; além de uma versão híbrida plug-in com base num 1.5 de quatro cilindros que alcançará os 280 cv. Do programa não fazem parte opções Diesel.

Deixe uma resposta

*