Rolls-Royce estreia versão mais potente Ghost Black Badge

Rolls-Royce Ghost Black Badge

Nova opção de topo tem o motor V12 6.75 a chegar aos 600 cv e 900 Nm.

O Ghost foi o eleito para receber uma versão Black Badge. Esta variante de topo começou por surgir em 2016 e já foi aplicada ao Wraith, Dawn e Cullinan, caraterizando-se por apontamentos mais desportivos, apontando a um público mais jovem, além de mais potência. Segundo a marca britânica, as versões Black Badge representam cerca de 40% das vendas globais.

Tal como o nome indica, este Black Badge converte os detalhes da carroçaria normalmente em tons cromados em preto. Além disso, a grelha do radiador e o símbolo Spirit of Ecstasy receberam um tratamento especial através do qual um eletrólito de cromo específico é adicionado no processo tradicional, resultando num acabamento escurecido com 1% da espessura de um cabelo humano. Esses elementos são depois polidos através de um processo artesanal. Segundo a marca de Goodwood, a cor preta utilizada é mais escura utilizada no setor automóvel. Só de tinta são utilizadas 45 kg de tinta. Depois são aplicadas duas camadas de verniz, à qual se segue um processo de polimento manual efetuado por quatro artesãos de modo a conseguir obter um efeito lacado que demora cerca de 5 horas a concluir. Além do preto, o Black Badge está disponível noutras 44 mil cores de carroçaria.

Por dentro, foi aplicada uma camada em carbono por cima da madeira tradicional e há um novo relógio. As jantes específicas com 21 polegadas contêm 44 camadas de fibra de carbono. Realce ainda para o “céu estrelado” com 850 pontos de luz. Debaixo do capot o motor V12 6.75 biturbo de origem BMW, acoplado a uma caixa automática de oito velocidades de origem ZF, sobe dos tradicionais 571 cv e para 850 Nm para 600 cv e 900 Nm às 1700 rpm. Esta diferença permitiu reduzir o tempo de 0 a 100 km/h para 4,5 segundos (menos 0,1 seg.). Existe ainda um novo modo “Low” que permite passagens de caixa 50% mais rápidas e um som de escape mais “rouco”. As molas da suspensão receberam uma nova afinação de modo a reduzir o efeito de rolamento da carroçaria, o motor recebeu uma reprogramação, o sistema de tração integral e de quatro rodas direcionais foi revisto e o pedal de travão recebeu um curso mais curto.

Deixe uma resposta

*