Alfa Romeo 155 V6 TI ‘Jägermeister’ imaculado vai a leilão

Alfa Romeo 155 V6 Ti 'Jägermeister'

Antigo modelo italiano do DTM vem equipado com o mesmo motor 2.5 de seis cilindros do carro de estrada.

Não é nada habitual encontrar no mercado um Alfa Romeo 155 V6 TI e muito menos em “mint condition” como este que agora vai a leilão. Com o número de chassis 005, este modelo construído pela Alfa Corse (a antiga Autodelta, com sede em Milão) competiu, entre outros, nos campeonatos DTM e ITC de 1995 e 1996. Quem teve a honra de o conduzir foi Michael Bartels, na altura piloto de F1 da equipa Lotus. A temporada começou bem, com um sexto lugar no DTM no circuito de AVUS (em Berlim, na Alemanha) e uma pole position no ITC em Helsínquia (na Finlândia). O ponto alto desse ano foi o fim de semana em Diepholz (na Baixa Saxónia, na Alemanha), quando ganhou as duas corridas a contar para o DTM. Apesar de alguns problemas iniciais de fiabilidade, o carro era difícil de “domar”, o que obrigou Bartels a empenhar-se a fundo para alcançar um ainda assim honroso décimo lugar na classificação geral – ficando à sua frente de outros pilotos de renome da Alfa Corse como Alessandro Nannini ou Giancarlo Fisichella.

Em 1996, a preparação do carro foi confiada à JAS Motorsport, mantendo Bartels ao volante. Essa temporada foi frustrante, com um quarto lugar em Helsínquia e dois oitavos lugares em Diepholz e Silverstone a serem os únicos resultados assinaláveis, num percurso que culminou com um 21º lugar na classificação combinada entre o DTM e o ITC. Em 2003, o Alfa Romeo 155 V6 TI “Jägermeister” passou para as mãos da Alpi Racing antes de integrar a coleção de carros de competição de Piergiorgio Furlanetto em 2011. Em 2017, Furlanetto vendeu o carro ao seu atual proprietário, que o sujeitou a um restauro completo conduzido pelos especialistas Fabrizio Pandolfi, Lindlmaier Motortechnik e Scuderia GT. Nesta passagem pela oficina foram reconstruídos o chassis, o motor e a suspensão. A tarefa envolveu uma despesa de quase 170 mil euros. Desde que foi restaurado o carro apenas rodou num banco de testes. O Alfa Romeo 155 V6 TI “Jägermeister” de tração integral vem equipado com um motor 2.5 de seis cilindros (o limite máximo permitido pelas regras do DTM) partilhado com o modelo de estrada, embora colocado na longitudinal e não na transversal. Este bloco, encaixado num compartimento em fibra de carbono, é capaz de atingir 11.800 rpm e debitar mais de 400 cv. Devido à utilização extensiva de elementos em fibra de carbono e de outros materiais exóticos como magnésio e titânio, este carro de turismos pesa apenas 1040 kg.

Pintado num caraterístico laranja, este Alfa Romeo 155 V6 TI “Jägermeister” vai ser leiloado pela RM Sotheby’s em Paris (França) no próximo dia 2 de fevereiro de 2022, acompanhado de um jogo de pneus de competição e um kit que permite ajustar a ECU. Calcula-se que possa ser arrematado por um valor em torno dos 800 mil euros.

Deixe uma resposta

*