Renault será uma marca 100% elétrica na Europa em 2030

Em primeiro plano o protótipo do Renault 5 elétrico no Salão de Munique de 2021

Mégane E-Tech Electric e os revivalistas Renault 5 e 4L serão alguns dos modelos já confirmados.

Luca de Meo, o CEO da Renault, confirmou que a marca francesa dedicar-se-á em exclusivo a comercializar modelos elétricos na Europa a partir de 2030, segundo a Automotive News Europe. A Renault já tinha anunciado a meta de 90% das suas vendas no Velho Continente serem de modelos elétricos em 2030, mas aparentemente a marca francesa decidiu acelerar o processo de transição para a eletrificação total – juntando-se assim a emblemas como a Ford, Peugeot, Fiat, entre outros.

O grupo Renault prevê lançar 24 modelos novos até 2025, alargando o seu portefólio de opções “zero emissões” com sete novas apostas – com destaque para a conversão da Alpine num emblema dedicado em exclusivo a carros elétricos. Apesar de se especular que a Dacia poderá ser o “senhor que se segue” no que diz respeito aos planos de eletrificação total, é bom lembrar que de Meo referiu que essa transição só acontecerá “no último momento possível”, de modo a conseguir manter um preço competitivo.

A encabeçar esta “ofensiva” de propostas elétricas estará o SUV Mégane E-Tech, que será lançado na próxima primavera, a que se seguirão duas novidades revivalistas já confirmadas, o utilitário Renault 5 (a lançar em 2024) e o crossover 4L (previsto para 2025).

Deixe uma resposta

*